Posts Tagged ‘Imprensa’

TJ garante liberdade de expressão

 

Reproduzo tal e qual o texto publicado no site do Tribunal de Justiça, em que mais uma vez o Judiciário catarinense garante a liberdade de expressão como direito inalienável do Estado de Direito: 

 

A 2ª Câmara de Direito Civil do TJ confirmou sentença da Comarca de Blumenau que negou pedido de indenização por danos morais formulado por Heriberto Luiz Borgert contra a empresa Zero Hora Editora Jornalística S.A. e A Notícia S.A. Empresa Jornalística, por publicação de fotografia em jornais de grande circulação no estado. Em duas oportunidades, Eriberto apareceu em foto imobilizado por policiais militares, após participar de um protesto contra o Presidente da República, em julho de 2003, em Itajaí. Na ocasião, os manifestantes entraram em conflito com a polícia e quatro foram detidos, entre eles, Eriberto. Para o autor da ação, a imagem lhe mostrou em situação constrangedora e causou-lhe danos morais. O veículo de comunicação, por sua vez, destacou que não ultrapassou seu papel de informar os fatos ocorridos nem proferiu injúrias, difamações ou calúnias. “Nenhum jornal deste país deixaria de registrar cenas como as vivenciadas pelo autor; não para dar-lhes o cunho de sensacionalismo, mas pelo poder-dever de informar do modo mais completo e verdadeiro possível”, explicou o relator do processo, desembargador Luiz Carlos Freyesleben, ao destacar que, apesar do enquadramento ter sido em close-up, as legendas das fotografias deixaram claro que se tratava de uma manifestação de servidores públicos contra a reforma da Previdência.”Não vejo em que fato possam os danos de ordem moral estar rebuçados, pois a opção de sair na rua e enfrentar o braço estatal foi do autor”, finalizou. (Apelação Cível n. 2005.042878-4)

 

Atualização às 8h18, dia 20 de fevereiro: obrigado ao Les Paul, que corrigiu um cochilo meu (já alterado aqui). No caso, um cochilo mesmo: o post foi escrito às 23h29 de quinta-feira, depois de um dia estressante.

Desmonte de A Notícia continua

 

Lentamente, o jornal A Notícia vai perdendo seus vínculos com Joinville, cidade-sede da octogenária publicação, vendida pela família Thomazi ao Grupo RBS em outubro de 2006.

Ontem, a corporação gaúcha demitiu 20 pessoas, entre as quais alguns jornalistas com mais de duas décadas de dedicação ao jornal. Foram mandados embora também profissionais da área técnica e de marketing.

Mais e mais o AN vai sendo desmontado e se distanciando da realidade local para se transformar num veículo da Agência RBS, um pastiche de jornal.

Noblat “comeu” barriga

 

Havia tempo que um jornalista de renome não cometia uma “barriga” (*), nome que se dá à divulgação de uma falsa notícia. Hoje aconteceu com Ricardo Noblat, que anunciou em seu blog a prisão do Bispo Edir Macedo, o boss da Rede Record.

A questão repercutiu no site Comunique-se (aqui, só para leitores cadastrados).

—————-

 

(*) A expressão correta é “comer barriga”.

O anão e o homem pequeno

 

anao-clic1

 

No Clic (acima), trataram o caso como relativo a um “anão embriagado” que foi preso pela Polícia Militar. No RBS Notícias o mesmo caso foi relatado como sendo relativo a um “homem com pouco mais de um metro de altura”.

Está certo: embora dois veículos da mesma rede de comunicação tenham tratado o mesmo assunto de formas politicamente diferentes, a verdade é que um homem com pouco mais de um metro de altura é… um anão. E nenhuma teoria científica pode provar o contrário. [É igual à expressão “deficiente visual”, muito bem desmontada pelo humorista Geraldo Magela: deficiente visual é quem enxerga mal. Quem não enxerga é cego, como o próprio Magela – cego – define].