Posts Tagged ‘Comportamento’

Rebeldes sem causa e suas emoções baratas

Em Florianópolis, um grupo de arruaceiros foi ao cinema do Iguatemi Shopping. Mal-educados, grosseiros, estúpidos, tomavam cerveja dentro da sala de projeção e arrotavam sonoramente durante a projeção do filme. Outras pessoas da plateia não gostaram do comportamento dos primatas e, ao fim e ao cabo, instalou-se a confusão, com uma pancadaria que durou alguns minutos. [Segundo a matéria do DC on-line houve falhas na segurança].

Estamos sujeitos a isso quando vamos (ou quando podemos ir) ao cinema dos shoppings, essas salas horrorosas, baseadas no consumo maciço de produtos alimentícios, bebidas e filmes mais-ou-menos. Uma ida ao cinema, nos meus tempos de guri, era uma verdadeira solenidade. As casas tinham glamour, os freqüentadores se vestiam bem, eram educados e adoravam cinema. Hoje, uma turba de cretinos consegue se infiltrar em todas as sessões, até nos filmes infantis, para perturbar o sossego dos outros. Lamentável que tenhamos chegado a esse ponto, por culpa exclusiva do consumismo.

Num evento recente, conversei com o superintendente de um shopping da região metropolitana e contei-lhe o que vi no shopping de Itajaí, onde os arruaceiros também dão as caras todos os dias, faça chuva, faça sol. Ele me disse que, infelizmente, por falta de alternativas de lazer nas regiões centrais e também nas periferias das grandes cidades, essa tendência está se alastrando pelo Brasil. Cada vez mais cretinos frequentam os shoppings à procura de emoções baratas. Jovens vazios, sem conteúdo, sem bandeiras, sem causas que valham a pena, verdadeiros amebas. A causa deles é atrapalhar a vida dos outros. Banais, são eleitores que estão escolhendo essas coisas que nos governam.

Povos nômades

 

Não acompanhei a origem desse problema com os ciganos que acamparam num terreno da supervalorizada Avenida Beira-mar Norte. Ciganos não costumam se apropriar das áreas que ocupam; como se trata de um povo nômade, logo eles estarão em outros lugares, vivendo a vida do jeito deles. Não vejo por que tanta polêmica, alimentada pelos veículos da RBS. Até não resisto à piada: o que um povo nômade (os gaúchos) tem contra outro povo nômade (os ciganos)?

Deu no jornal

 sexo

Uêba!

Quer ler a matéria completa? Aqui.