Quase um século depois, modernismo ainda incomoda os reacionários

Estamos a dois anos do centenário da Semana de Arte Moderna, evento cultural mais marcante do século 20 no Brasil, uma verdadeira revolução, que representou a ruptura com os padrões tradicionais da criação artística no país. Em suma, e simplificando um pouco (mas não muito), o modernismo rompeu com as linhas conservadoras que predominavam nas artes plásticas, na literatura, na música, no teatro. Promoveu uma travessia, muitas vezes ruidosa e sempre provocativa para uma nova e revolucionária estética (na imagem, o realismo modernista da obra “Operários”, de Tarsila do Amaral, de 1933). Tudo o que vivemos e amamos até aqui … Continuar lendo Quase um século depois, modernismo ainda incomoda os reacionários

Paraisópolis não é um caso isolado

O massacre de Paraisópolis (SP), ocorrido no dia 1/12, com pelo menos nove jovens assassinados, foi o auge de uma política de Estado que prioriza a doutrina da “tolerância zero” contra eventos festivos e reuniões culturais que envolvam as camadas mais pobres e vulneráveis da população. Principalmente quando essas pessoas “ocupam” espaços públicos relevantes. No caso de Paraisópolis, a maior favela de São Paulo e uma das maiores do país, o espaço público está inserido no bairro mais sofisticado da capital paulista, o Morumbi. Em Florianópolis as intervenções da PM catarinense não são muito diferentes. Em geral, os PMs avançam … Continuar lendo Paraisópolis não é um caso isolado

Boi de mamão é reconhecido como patrimônio cultural de Florianópolis

O boi de mamão será inscrito oficialmente como Patrimônio Cultural Imaterial ou Intangível de Florianópolis nesta quinta-feira (22). A cerimônia está marcada para as 14h30, no gabinete do prefeito Gean Loureiro, com a presença da superintendente da Fundação Cultural de Florianópolis, professora Roseli Pereira, e do secretário municipal de Cultura, Esporte e Juventude, vereador Ed Pereira. Representantes dos 13 grupos de boi de mamão também participarão do ato. O reconhecimento é uma forma de resguardar a tradição folclórica tão marcante de Florianópolis e de todo o litoral catarinense, estimulando a continuidade da prática cultural, com a adesão das novas gerações. … Continuar lendo Boi de mamão é reconhecido como patrimônio cultural de Florianópolis