Coluna de hoje (20/10)

Situação da SC-407 causa protestos

Indignação geral na Câmara de Vereadores de São José em relação à situação das obras da SC-407, que estão atrasadas e não devem ser concluídas pelo atual governo. Na sessão de segunda-feira, o vereador Édio Vieira (PSDB) afirmou que a rodovia provavelmente ficará pronta em 2012. “E todos sabem o motivo de conclusão em 2012”, observou, acrescentando que o governo não tem verbas e não vai terminar a pavimentação.

Outro parlamentar, Lédio Coelho (DEM), disse que “a comunidade está cansada do descaso com a SC-407”. O vereador Doutor Geraldo (PT) enfatizou que, na ausência de verbas para conclusão, o dinheiro disponível seja utilizado para sinalizar a rodovia, evitando a repetição de acidentes, inclusive com vítimas fatais.

Ressalva

Se depender do vereador Xandi Fontes (PP) a Câmara de Florianópolis não vai aprovar o projeto de lei que antecipa a cobrança do IPTU pela prefeitura. Xandi, que pediu vistas do projeto na Comissão de Orçamento, sustenta que da forma como está o projeto beneficia os contribuintes mais ricos, já que para obter o desconto maior, de 20%, o contribuinte deve acessar a página da prefeitura na internet e imprimir o boleto do imposto.

Revisão

O vice-prefeito João Batista Nunes explicou ontem, durante o Papo de Redação (Rádio Guarujá), que a questão do IPTU em Florianópolis precisa passar por uma revisão rigorosa. Segundo ele, há imensas disparidades quanto ao cálculo dos valores dos imóveis – ou seja, residências localizadas em pontos nobres da cidade pagam imposto muito irrisório diante do valor que têm no mercado.

Despesas

Ainda conforme o vice-prefeito João Batista Nunes, a antecipação do recolhimento do IPTU tem o objetivo de garantir mais recursos para a prefeitura, “por conta de inúmeras demandas da sociedade. Todas as melhorias que a prefeitura implanta implicam em contratação de pessoal, em inúmeras despesas. A principal alternativa de receita é justamente o IPTU”, disse a este colunista.

Via Expressa

O vereador florianopolitano Asael Pereira apresentou ontemum requerimento encaminhado ao DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre) solicitando equipamentos de segurança na Via Expressa da BR-282, como guard-rails ou telas. Segundo dados da Polícia Rodoviária Federal, em 2009 foram registrados 745 acidentes na Via Expressa, e neste ano, até setembro os números ultrapassaram 600 acidentes, com sete mortes.

 

Vizinhança

Crime registrado no último fim de semana revela a que ponto chegou a insegurança em Florianópolis. Naquela noite, o mini-mercado Franpris (foto) foi arrombado pela quarta vez no ano. Detalhe: o mini-mercado fica na Praça Getúlio Vargas, a menos de 100 metros da sede do comando geral da Polícia Militar, no Centro da cidade.

Rali

Samira Moratti observa que o problema da mobilidade, que afeta Florianópolis, prejudica também os pedestres. Ela, que caiu recentemente numa calçada do Centro, diz que os pedestres praticam um verdadeiro rali urbano: “Em algumas regiões da cidade os pedestres disputam lugar com os postes de luz, motos ou bicicletas estacionadas de forma indevida ou outros obstáculos, como placas com anúncios variados”.

* * *

Ainda segundo a leitora, “a prefeitura deveria fiscalizar pontos com essas características, além de, é claro, consertar aqueles que estiverem defeituosos”.

Beira-mar

Uma obra importante em Florianópolis, a recuperação do asfalto da Avenida Beira-mar Norte, deve começar na semana que vem, conforme estimativa do prefeito Dário Berger. Chega em boa hora, diante da precariedade da pavimentação em alguns trechos. O custo total das obras é estimado em R$ 8 milhões, conforme extrato publicado no Diário Oficial do município.

Emergência – Dados do Hospital Celso Ramos: maioria dos acidentados de carro chega à emergência durante a madrugada. Motoqueiros são pacientes do período diurno. Os registros do estabelecimento de saúde indicam que álcool é causa de muitos acidentes de automóvel.

Linguagem – Escritora Maura Soares questiona a expressão “brigadistas voluntários”, publicada em reportagem do Notícias do Dia. Ela pensa que o correto seria “bombeiros voluntários”, mais usual por aqui. “Brigadista é um termo do Sul, não de Santa Catarina”, diz.

Açorianos – Vereador Adriano de Brito anuncia que vai protocolar projeto de lei na Câmara de São José criando a Semana da Cultura de Base Açoriana. “Precisamos ampliar nossos laços com a cultura”, disse na sessão de segunda-feira.

Regional – Ainda em São José, Câmara Municipal decidiu encaminhar relatório sobre a situação do Hospital Regional para a Assembleia Legislativa, deputados eleitos e governador eleito, Raimundo Colombo.

Conquista – A direção do Hospital e Maternidade Carlos Corrêa assina convênio hoje, às 11 horas, com a prefeitura de Florianópolis, para assegurar atendimento de saúde pelo SUS em procedimentos de média complexidade. O estabelecimento não atua em saúde pública desde 1987.

Duplicação – Está marcada para dia 4 de novembro a visita técnica dos representantes de empresas interessadas em duplicar o trecho entre Jurerê e Ingleses da SC-401. A obra de 4,28 quilômetros está orçada em R$ 17,8 milhões.

Empurra – A questão dos moradores de rua em Florianópolis virou um jogo de empurra. A Polícia Militar só pode agir se eles cometerem algum tipo de crime ou contravenção. A Guarda Municipal só atua em apoio a ações sociais da prefeitura. E assim ficamos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: