Coluna de sexta (27 de agosto)

Indignações ao volante

Motoristas da região metropolitana estão indignados com o comportamento de certas autoridades de trânsito. É legal, literalmente falando, que patrulheiros rodoviários federais fiquem escondidos atrás de postes e colunas de viadutos para flagrar imprudências? Claro que não é legal: o Código Brasileiro de Trânsito determina que a fiscalização seja ostensiva, clara, evidente.

Outros reclamam de comportamento semelhante de guardas da Polícia Militar, que ficam, por exemplo, na sinaleira da Avenida Hercílio Luz, esquina com a Gustavo Richard, de olho nos motoristas presos no engarrafamento – justo no momento em que o sinal fecha.

Mais queixas: é justo e legal que a Polícia Militar Rodoviária monte campana na saída do túnel Antonieta de Barros para flagrar excesso de velocidade dos veículos? O correto é colocar uma placa – está no Código – antes do túnel, avisando que há fiscalização eletrônica.

Tranqueira

A imagem foi registrada na noite de quarta-feira, quando este colunista se dirigia à sede da Fiesc, onde aconteceu a entrega do Prêmio Impar. O trajeto entre a Avenida da Saudade e a Fiesc foi cumprido em 50 minutos. E ninguém conseguiu explicar por que o trânsito estava assim às 19h30. É apenas uma amostra de nossa mazela diária – a imobilidade urbana.

Marca de família

Na solenidade de entrega do Prêmio Impar (RIC-Record, com Ibope), o governador Leonel Pavan destacou: “Criar uma marca é como criar uma família”. E não deixou por menos, aproveitando para um plá comercial, ao lembrar a marca Pavan, presente à rede de churrascarias de sua família.

Retrato falado

Um sujeito barrigudo, com a camiseta levantada até o queixo, fica numa esquina da cidade segurando a plaqueta de um candidato a deputado estadual. E no Twitter do candidato está escrito: “Voluntários invadem ruas para divulgar nossa candidatura”. Se o barrigudo é um voluntário, este colunista é o Reynaldo Gianecchini.

Raposa

Leitor que não pode se identificar ligou ontem para comentar o caso da barbárie cometida em São José – o prédio histórico demolido na calada da noite. Para o leitor, não é preciso ir muito longe para descobrir a razão do ato insano e premeditado. “E veja que estão colocando a raposa para cuidar do galinheiro, se é que me entendes…”. Sei lá. O fato é que, em se tratando de São José e Florianópolis, nada mais surpreende este colunista.

Tem mais

Diante do leite derramado (ou da terra espalhada), o presidente da Câmara Municipal de São José, Amauri Valdemar da Silva, sugeriu uma solução para o vazio: “Proponho que aquela área fique como patrimônio do município para instalar uma praça com monumento que faça memória do que tivemos ali, fora os ajustes de conduta para com prédios históricos”. Amauri quer que também seja colocada uma placa, lembrando o crime cometido e o nome do autor da barbárie.

Web nua e crua

O Twitter é realmente uma ferramenta indispensável à comunicação moderna. Ontem, pelo sistema, pudemos acompanhar ao vivo tudo o que acontecia na região Norte do Estado, a operação policial que resultou na morte de dois perigosos bandidos. O responsável pelas informações foi uma fonte fidedigna: tenente-coronel Edivar Bedin. Este é um militar que sabe das coisas.

Solidariedade

Hospital Infantil Joana de Gusmão é o principal favorecido pela promoção McDia Feliz, que acontece neste sábado, nas lanchonetes locais da rede norte-americana. Também existe a possibilidade de participação através da compra de camisetas. O recurso arrecadado será destinado à construção de uma nova Casa de Apoio para dar mais conforto para as crianças em tratamento do câncer e seus familiares.

Mas bá! – Santa Catarina não tem uma Semana Barriga-Verde, um evento que represente a afirmação de nossos valores culturais. Mas quando se trata de cultura gaúcha a coisa é bem diferente. Acredite: a prefeitura de Balneário Camboriú está organizando a Semana Farroupilha, entre 14 e 20 de setembro.

Corretores – Hoje é o Dia Nacional do Corretor de Imóveis. A profissão foi regulamentada nesta data, há 48 anos. Um abraço carinhoso a todos os amigos que trabalham nessa atividade, em especial ao presidente do sindicato da categoria, Antônio Moser.

Ideal – Segundo registro do colunista Ancelmo Góis (O Globo), a garotada que faz campanha para Plínio de Arruda Sampaio (PSol) NO Rio usa camisetas com os dizeres: “Não recebo um real, estou aqui por ideal”.

Ativo – Ainda sobre o Impar, Bruno Breithaupt, presidente da Fecomércio – entidade que tem 63 sindicatos associados – observou que as marcas constituem um ativo fundamental das empresas. “O projeto Impar renova essa condição, engrandecendo ainda mais as marcas”, observou.

Turismo – A Fecomércio, através da Câmara Empresarial de Turismo, vai realizar uma rodada de debates individuais com os candidatos ao governo. Angela Amin, do PP, foi a primeira a confirmar. Será no auditório da entidade, segunda-feira, às 12h30.

Pirataria – Aplausos para a Polícia Civil, que deu um basta ontem ao comércio descarado de produtos piratas que corria livremente na região central de Florianópolis. Cidadãos conscientes que reclamavam da venda dos DVDs eram agredidos pelos ambulantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: