Coluna de terça (17 de agosto)

Mais leveza no acelerador

Radares para controlar a velocidade dos veículos representam um retrocesso, sem dúvida nenhuma. Mas diante do que vemos nas estradas, não há remédio mais adequado para educar certos motoristas e pilotos de motocicletas.

Se a OHL vai mesmo instalar pardais na BR-101, este colunista, que transita pelo menos quatro vezes por semana pela rodovia (trecho Norte), sugere os locais: Morro do Boi (descida), túnel sob o Morro do Boi, reta entre a balança de Itapema e Porto Belo (pedágio), reta entre Porto Belo e Tijucas e vários pontos entre Tijucas e Biguaçu. Nesses trechos, os bólidos costumam transitar em velocidades superiores a 150 quilômetros horários, durante o dia e, com maior frequência, à noite. Castigar esses irresponsáveis, com os radares, é o mínimo. E não adianta só multar: tem que apreender os veículos e cassar a carteira de habilitação dos malucos.

Extremo

Em São Paulo, a engenharia de tráfego – sim, lá existe – proibiu o trânsito de motocicletas na via expressa da Marginal de Pinheiros. Sabem por quê? Porque os motoqueiros não respeitam as leis e, por conta disso, estavam causando graves acidentes. Das 50 mortes registradas naquela via em 2009, 26 eram de motoqueiros.

* * *

Para garantir o cumprimento da lei, as autoridades de São Paulo colocaram, desde ontem, uma força-tarefa, de policiais militares e guardas municipais, para multar os motociclistas infratores.

Zona Azul

O urbanista desconhecido – amigo da coluna que não pode ser identificado – volta a atacar. Ele destaca um ponto importante do Código de Trânsito Brasileiro, que dispõe: “A receita arrecadada com a cobrança das multas de trânsito será aplicada exclusivamente, em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito”.

Estacionamentos (1)

Leitor que se assina Daniel – não registrou sobrenome – observa, a propósito de nota publicada aqui ontem: “É impossível vagas para tanto carro na cidade, temos que reduzir drasticamente o número de carros nas ruas. Florianópolis é provavelmente uma das cidades com o maior número de vagas de estacionamento para carros, proporcionalmente à superfície do centro”.

Estacionamentos (2)

Prossegue o leitor Daniel: “Para acabar com os problemas da falta de vagas de garagens, é só fechar todos os estacionamentos na área central, se não há vagas, não se vai de carro. Em pouco tempo o transporte coletivo, pela demanda, irá melhorar, as pessoas irão caminhar e a andar mais de bicicleta, a saúde da população e da cidade vão melhorar”.

Camelódromo

Associação dos Pequenos Comerciantes do Camelódromo de Florianópolis vai hoje ao Ministério Público Federal, às 14 horas, para uma reunião com o procurador da República Claudio Dutra Fontella. Eles querem receber orientações legais e, também, discutir com o representante do MPF a possível abusividade da operação que recolheu mercadorias das lojas situadas no camelódromo, na véspera do Dia dos Pais.

Corrosão

Acredite, leitor, a imagem feia publicada acima é um pedaço da passarela do Elevado Vilson Kleinübing (CIC), com visíveis sinais de corrosão. O estado do equipamento urbano, que pode colocar em risco a vida dos usuários, motivou o vereador João Amin a apresentar um pedido de informações, na sessão de ontem da Câmara de Florianópolis.

Criatividade

Biguaçu lançou o programa Droga Zero, que tem foco principalmente na educação. Convidado a participar, o padre Vilson Groh falou sobre “Compromissos da família, escola e comunidade na prevenção e combate ao envolvimento com drogas ilícitas”. Palavras do sacerdote, um verdadeiro herói dessa dura batalha: “Deixo aqui a mensagem da criatividade. Precisamos debater com os jovens e provocá-los mais do que eles nos provocam, mas sempre utilizando a criatividade”, afirmou Groh.

Sem bloqueio

Secretário de Segurança Pública, André Luis Mendes da Silveira, concedeu entrevista ontem ao Jornal do Meio-Dia (RIC-Record), apresentado por Hélio Costa. Respondeu a perguntas dos telespectadores. Uma das mais interessantes: por que a polícia não realiza mais operações nas pontes Colombo Salles e Pedro Ivo? O secretário alegou que essas ações representariam um transtorno para a população, por causa da mobilidade urbana.

Com bloqueio

Mas há um detalhe que ninguém perguntou ao secretário: por que em Itajaí, Balneário Camboriú, Itapema, Porto Belo e Bombinhas sempre há postos policiais monitorando a entrada e saída de veículos? As barreiras montadas pela Polícia Militar não param os automóveis, mas forçam a redução da velocidade: todos os motoristas passam numa espécie de “corredor polonês”. Em alguns desses comandos todos os carros são filmados.

Central Norte – Uma boa notícia revelada pelo secretário André Luis Mendes da Silveira na entrevista de ontem ao Jornal do Meio-Dia: a Secretaria de Segurança Pública vai implantar uma central de polícia no Norte da Ilha. Já não era sem tempo: o Norte da Ilha já supera a marca de 50 mil habitantes.

Montessori – Desde ontem, o Centro Educacional Menino Jesus promove exposição alusiva aos 140 anos de nascimento da educadora italiana Maria Montessori, criadora do método Montessori de educação, utilizado em Florianópolis exclusivamente pelo CEMJ. Até 3 de setembro.

Cirurgia – Abraço pro velho camarada Cacau Menezes, que se submete hoje em São Paulo a uma delicada cirurgia. Sorte e saúde!

Fenômeno – Em apenas 54 dias, o empresário Eike Batista registra a incrível marca de 100 mil seguidores no Twitter. Ele é um fenômeno.

Livros – O sempre querido Júlio Queiroz, que é um exemplo de vitalidade (está com 84 anos), lança três livros nesta quinta-feira, dia 19, às 17 horas, na Fundação Cultural Badesc. São as antologias Fractais (poemas), De Mala Pronta (contos) e Disto e Daquilo (crônica).

Paulo Fontes – Dário Berger deve definir até semana que vem a questão da Paulo Fontes. Tudo indica que vai manter a avenida fechada e agilizar a implantação do projeto de revitalização. Em cima da via, só pedestres. Por baixo, o tráfego de veículos, esta é a solução.

Anúncios

6 responses to this post.

  1. Posted by Aline on 17/08/2010 at 12:14

    Eu não gostava muito de radares e pardais, até me convencer de que o brasileiro só aprende quando a coisa chega no bolso (ou pior). Em Florianópolis, o povo até que é educado (na maioria das vezes respeitam os sinais e as faixas de segurança; embora não respeitem muito as vagas para deficientes/idosos, estacionem em local proibido ou em fila dupla). Mas em outros lugares, o trânsito é ainda mais caótico. Em Criciúma, por exemplo, o pessoal não respeita sinaleira (quando a sinaleira fica verde vc precisa olhar para todos os lados antes de sair, para não levar uma trombada daquelas). Por isso eu sou a favor de colocar pardais em todas as sinaleiras (ou em todos os cruzamentos das vias principais). E não só multar, mas controlar. Passou de 20 pontos tem que ir atrás da pessoa e cortar o barato dela. Estacionou o carro em local probido ou na calçada? Tem que rebocar. A polícia tem que ser mais enérgica e cobrar que a lei seja cumprida. O pessoal fica tranquilo pq existe a impunidade. Na hora que a polícia começar a agir, a galera vai ficar mais responsável.

    Responder

  2. […] 17/08/10 » Compartilhe este link no Twitter Da coluna Ponto Final, por Carlos Damião (ND, […]

    Responder

  3. Carros por baixo, pedestres por cima? Será que enfim resolveram fazer um túnel na Paulo Fontes? Parece sensato demais para ser verdade.

    Responder

  4. Posted by paulo stodieck on 17/08/2010 at 18:15

    Damião, não é só a corrosão no elevado Vilson Kleinubing que causa espécie. Se o motorista olhasse as duas pontes, de baixo para cima, não passaria sobre as pontes Pedro Ivo e na Colombo Salles.

    Responder

  5. Posted by Ricardo da Costa on 27/08/2010 at 2:50

    O ex-governador acabou com a saúde do estado que já estava moribunda. Fechou várias escolas e não arrumou quase nada. A segurança ficou com os bandidos…
    Meu genro quebrou o pé em um acidente de moto no mês de julho e ficou 3 dias!!!! no corredor do hospital Regional de São José porque não tinha médico!!!
    E esse governador que tá ai agora??!!! Se não fosse vice do outro, poderia estar em cana!!! Mas tem a tal de imunidade parlamentar…
    Duvido tu postar isso!!!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: