Coluna de 9 de abril

Imobilidade

A Câmara Municipal colheu reivindicações da população, num contato direto e salutar: o maior problema apontado por moradores do Sul da Ilha é a mobilidade urbana. Está quase impossível trafegar pelos bairros, cada vez mais congestionados. E muito mais gente continua indo morar na região.

Desatando o nó do Plano Diretor

Na entrevista coletiva que concederá hoje à tarde o prefeito Dário Berger vai anunciar a formação da comissão responsável pela conclusão do Plano Diretor Participativo. O secretário da Educação e superintendente da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, professor Rodolfo Pinto da Luz, será o coordenador desse grupo, que terá também a participação de outros gestores, entre os quais o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, José Carlos Rauen.

Dário Berger deve estipular um prazo para que a comissão conclua seus trabalhos: 90 dias. Nesse período, as autoridades designadas vão conversar com lideranças comunitárias, empresariais e de organizações não-governamentais. O objetivo é garantir ao anteprojeto uma proposta de consenso, baseada no diálogo e na participação democrática – aliás, como prevê o Estatuto da Cidade.

E se há uma qualidade, entre tantas, que caracteriza o professor Rodolfo Pinto da Luz, é justamente a capacidade de conduzir negociações e conversas produtivas.

Posição

Vereador Asael Pereira (PSB) entende que há muitos pontos obscuros e controversos no Plano Diretor da Prefeitura. “Precisamos de mais tempo e trazer a população para o debate”, defende o parlamentar que, embora seja aliado do prefeito Dário Berger, avisa que não vai engolir o projeto sem que haja o debate necessário.

Paulo Fontes

Está em curso uma mobilização, por parte de comerciantes, taxistas e outros profissionais, para que a prefeitura reveja o fechamento da Avenida Paulo Fontes. Em outras palavras, uma parcela significativa da sociedade florianopolitana pressiona as autoridades para que aquela via pública volte a ser aberta ao tráfego de veículos, como era até o final do ano passado. A pressão já alcançou a Câmara de Vereadores, inclusive parlamentares da base governista.

Autoridade

Uma fonte da prefeitura garantiu ontem a este colunista que não há a menor possibilidade de o prefeito Dário Berger revogar a decisão de fechamento da Avenida Paulo Fontes, tomada pelo vice-prefeito João Batista Nunes quando estava interinamente na chefia do Executivo. Voltar atrás significaria, principalmente, desautorizar o vice-prefeito que, afinal, é a segunda autoridade da cidade.

Perguntas…

Quantas mortes mais serão necessárias para que os responsáveis pela segurança pública mobilizem forças no sentido de garantir a paz na Grande Florianópolis? Edison Ledo Ronchi foi apenas mais uma vítima do pouco caso oficial em relação à violência. No Carnaval, um duplo assassinato no terminal de integração de Canasvieiras motivou reuniões, discursos floreados e entrevistas bombásticas das autoridades. Passado o calor dos fatos, a vida voltou ao seu curso anormal, ou seja, a população voltou a ficar refém dos bandidos.

…Sem resposta

A casa de Edison Ledo Ronchi foi invadida por bandidos cinco vezes nos últimos meses. O suposto assassino de Edison Ledo Ronchi tem envolvimento em outros quatro homicídios. Por que essa ‘mala’ estava solta? Quem são os responsáveis por esse pouco caso que prejudica a paz social e vitima pessoas de bem como Ledo, Simone (lojista assassinada em Ponta das Canas) e Giovana (trabalhadora vítima de tiroteio no Tican)? 

Definição

A Secretaria de Segurança Pública foi chefiada, durante os sete anos da administração do PMDB, por políticos profissionais. O último, conhecido como “a vaidade em pessoa”, gabava-se de Santa Catarina apresentar os mais baixos índices de violência no Brasil. Mas a violência, por menor que seja, é sempre chocante. E a discussão não é exatamente por aí – ser o maior ou menor Estado em termos de assassinatos –, mas caminha por outra vertente: o que é violência? O povo, que sente na carne, sabe o que é.

Depoimento

Sobre a crescente violência no Norte da Ilha, Sebastião dos Santos, que é do Conseg Baía de Canasvieiras, observa: “Nós estamos ficando cansados, diretores estão desistindo, pois os nossos pedidos são colocados de lado ou discutidos à exaustão, provocando em nós (voluntários) um sentimento de impotência. Só com a presença de policiais nas ruas inibiremos a tranquilidade que estes assassinos têm para praticarem seus delitos. Acontece que estamos em terra sem lei, não se vê policiais nas ruas”.

Positivo e negativo

Digno de registro: ontem, viaturas da Polícia Militar fecharam o acesso à Rua João Pinto, para evitar o trânsito de veículos no calçadão. À tarde, um PM circulou entre a Praça 15 e Avenida Hercílio Luz, justamente para marcar presença na João Pinto. Agora o registro negativo: uma viatura oficial da prefeitura passou bons momentos da tarde de quinta-feira estacionada na Rua Padre Miguelinho (foto). Pode?

Reação

Do leitor Roberto Grisard Clausen: “Sobre a nota epigrafada ‘Guarda esclarece’ fica aqui uma pergunta que não quer calar. Qual o crime que o caminhão cometeu para empreender em fuga, um caminhão com aquele porte peso para fugir seria um tanto difícil, será que assaltou um banco ou matou alguém? Em resumo esta Guarda Municipal é abusada, os guardas se acham.

Samba de raiz

O samba de verdade volta aos bons tempos: reabre hoje à noite, no Monte Verde, o Bar do Tião, um dos templos do gênero em Florianópolis. Vale a pena conhecer o espaço, que funciona como casa de samba todas as sextas e sábados a partir das 23 horas. Fica na Rua do Marfim, próximo ao Floripa Shopping.

Açores é aqui – Abre dia 13 no hall da Reitoria da UFSC e vai até 30 deste mês, de segunda a sexta, das 8 às 18 horas, a exposição “Imagens Açorianas em Santa Catarina”, com imagens produzidas por Danísio Silva, Arante José Monteiro Filho (Arantinho) e Maria Amélia Wendhausen (Mena).

Homenagem – Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Tijucas promove até este domingo o 4° Congresso de Missões Heróis com Fé, neste ano, homenageando o município pelos seus 150 anos de emancipação político-administrativa.

Congresso – Desde a última quarta-feira a capital está sediando o I Congresso Brasileiro de Estudos Tributários. O advogado catarinense Felipe Lückmann Fabro estará preside hoje um painel sobre Normas Gerais de Direito Tributário.

Presenças – O painel comandado pelo advogado contará com a participação dos professores Misabel Abreu Machado Derzi (doutora e professora UFMG), Ricardo Anderle (mestre USP) e Íris Vânia Santos Rosa (mestre e doutoranda PUC/SP).

Anúncios

2 responses to this post.

  1. Posted by paulo stodieck on 09/04/2010 at 19:40

    Damião, o fechamento da Avenida Paulo Fontes não tem como ser sustentado com a propositura de ação judicial, tomando como ponto de partida a autorização dada pelo Serviço de Patrimônio da União, quando permitiu o aterro feito naquele local. É evidente que o aterro só foi autorizado para permitir a mobilidade de veículos, pois o trânsito na década de 1970 já despontava para o caos. O desvirtuamento da finalidade do aterro, impedindo o tráfego de veículo, é flagrante. As associações que representam as categorias prejudicadas já deveriam ter feito consulta no SPU para acabar com o problema que tanto prejuízo vem causando aos comerciantes.

    Responder

  2. Posted by Carlos Henrique on 12/04/2010 at 17:33

    Não discuto se o fechamento em si é bom ou ruim: eu, que pouco transito pelo centro da cidade, não senti diferença alguma. Agora, a desculpa dada pelo prefeito para não reverter a decisão é vergonhosa. Ele foi eleito para preservar o orgulho do vice ou para servir à população da cidade?

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: