Coluna de 11 de março

Diploma que não vale nada

Movimento Catarinense de Bacharéis em Direito integra a luta nacional para acabar com o Exame da Ordem. A OAB é a única instituição do gênero que exige exame para exercício profissional.

O dilema da logística

A economia é dinâmica. O setor público, em geral, é lento e complicado. Mas, para crescer, a economia depende de providências do setor público. Uma dessas providências é resumida numa palavra muito simples, de amplo significado: logística. Para a economia, logística é tudo. Para o setor público, é uma longa e penosa história.

Mas nem tudo está perdido: hoje as Federações das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), do Paraná (FIEP) e do Rio Grande do Sul (FIERGS) apresentarão propostas de obras estratégicas para a infraestrutura logística dos três estados para o Plano Nacional de Logística e Transporte (PNLT) do Ministério dos Transportes.

Autoridades estarão presentes e terão a oportunidade de conhecer as propostas e debatê-las com os representantes do setor privado.

Longo prazo

Como diz o presidente em exercício da FIESC, Glauco José Côrte, “o PNLT é o esforço de realizar um planejamento de longo prazo no país, com obras para execução até 2023”. E o grande problema (ou dilema) é garantir, nos planos plurianuais e nos orçamentos anuais, os recursos para garantir essas obras.

Solução

A RM Engenharia assinou acordo ontem com o Sindicato dos Telefônicos (Sinttel), com o objetivo de garantir 100% de prioridade para contratação dos trabalhadores da ex-prestadora de serviços da Oi, a catarinense Koerich Telecom. Portanto, os telefônicos que foram demitidos podem ser aproveitados pela nova administradora dos serviços externos da Oi. Menos mal, é verdade, porque a preservação dos empregos evita um grave problema social.

Soluções simples

Mensagem do economista Élzio do Espírito Santo Oliveira à coluna aborda a questão das soluções simples para os problemas da cidade. “Vou dar só um exemplo de engenharia e de rápida e fácil solução. Abertura para o tráfego da rua entre a praça Santos Dumont e igreja da Trindade, ligando diretamente a Lauro Linhares à rua Desembargador Vitor Lima e saída para Serrinha, Carvoeira, sem precisar ir ao trevo. O que impede isto é um passeio e uns vasos de plantas”.

Ronda praieira

A prefeitura de Balneário Camboriú está adquirindo quatro Speedy VE–500, espécie de patinete motorizada que vai dar mobilidade para os integrantes da Guarda Municipal que trabalham com prevenção de segurança nos locais de grande público. A Polícia Militar vai adquirir mais quatro desses veículos.

Quadriciclos

Outro reforço para a segurança em Balneário Camboriú é representado pela aquisição de dois quadriciclos, que serão utilizados para patrulhamento nas areias da praia, com o objetivo de garantir a tranquilidade na orla. A prefeitura vai colocar ainda 396 refletores em toda a praia central.

Renda dos recicláveis

O material reciclável recolhido pela Comcap todos os dias e doado à Associação Catadores de Materiais Recicláveis (ACMR) representa uma renda mensal de R$ 32 mil para a entidade. Na última segunda-feira foi batido o recorde de coleta seletiva no Centro com a retirada de quatro toneladas de materiais, principalmente papelão, num único dia.

Lixo zero

A Comcap desenvolve uma campanha de sensibilização dos comerciantes, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas, para alcançar a meta do lixo zero no Centro. Todos os estabelecimentos comerciais receberam visitas técnicas da equipe de Coleta Seletiva e de Educação Ambiental da Comcap. Quem quiser se integrar ao sistema pode fazer contato pelo telefone 3338–3031 ou ambiental@pmf.sc.gov.br.

Calamidade

A propósito de nota publicada aqui ontem, o comendador Roberto Laus enviou um relato: “Semana passada, eu, Ademir Arnon e Moacir Pereira saíamos da Casa do Jornalista e nos deparamos com uma jovem de 21 anos, enferma e viciada em crack, jogada no meio da calçada da Associação da FEB/Procon. Chamamos o 193 mas a resposta é que não possuem estrutura que dê conta da quantidade de casos semelhantes por toda a cidade. Está um caos! Me dói muito ver a minha cidade no estado de calamidade social que se encontra”.

Força do samba

O Bloco Carnavalesco Unidos do Morro do Céu comemora um ano hoje, mas a festa será neste domingo, dia 14, a partir das 11 horas, na Rua Cruz e Sousa, na própria comunidade. Haverá roda de samba, apresentação da Bateria Tenebrosa, corte do bolo e muito mais. No ano que vem a Unidos pretende desfilar no Grupo de Acesso do Blocos que será criado pela Liga.

A vala

Moradores do Sertão do Maruim, em São José, reclamam de um problema antigo: uma vala que não tem mais jeito. No ano passado a prefeitura promoveu a limpeza, mas deixou os entulhos ao lado da vala. Resultado: voltou tudo para a vala. Há pouco tempo, operários fizeram o mesmo: limparam, mas não removeram a sujeira.

Multiplicação – Alô prefeitura: na terça-feira eram dois carrinhos de mão vendendo bolsas e carteiras no quarteirão do ARS. Ontem eram oito.

Desrespeito – Florianópolis tenta incorporar belas coisas de primeiro mundo, como vagas de estacionamento exclusivas para idosos, inclusive na Zona Azul. Mas motoristas mal-educados não respeitam a sinalização.

Ação – Na semana passada, uma patrulha da Polícia Militar percorreu o Centro à procura de quem não respeitava as placas e pinturas horizontais indicativas. Tem que ser todo dia, porque a falta de civilidade de alguns motoristas é impressionante.

Enfim – Balneário Camboriú, finalmente, vai ganhar um centro de eventos. É inexplicável que, até agora, a segunda cidade turística mais destacada do Estado não tenha um equipamento à altura de sua importância econômica.

Capacidade – O centro de eventos de Balneário Camboriú poderá receber até 570 estandes e terá salas de conferência para 3.600 pessoas, além de teatro com capacidade para 1.490 pessoas.

Big Brother – Sim, a Câmara de Vereadores aprovou aquele projeto de origem do Executivo, que obrigará a instalação de chips nos animais de Florianópolis. Daqui a pouco vão querer fazer com os humanos.

Anúncios

5 responses to this post.

  1. Posted by Moacir Grande on 12/03/2010 at 12:12

    Na terça-feira, tinha um carro com placa especial “Prefeito do Município” parado numa dessas vagas de idoso, no comecinho da General Bittencourt, no centro. Em frente, um funcionário mal encarado cuidadno do carro. Infelizmente não estava com máquina fotográfica na hora pra registrar o desrespeito.

    Responder

  2. Posted by GiSevero on 12/03/2010 at 16:57

    Se com exame da ordem já estão no mercado essa bandalheira que se vê, nem quero pensar se só o curso universitário – muitas vezes nem cursado – bastar… Salve-se quem puder!

    Responder

  3. […] 15 está adotada Renda dos recicláveis e lixo zero 14/03/10 Da coluna de Carlos Damião (ND, […]

    Responder

  4. Posted by CelsoJ on 15/03/2010 at 10:52

    Não é “Sertão do Imaruí”?

    Responder

  5. Posted by Aline on 15/03/2010 at 17:14

    Big Brother – Sim, a Câmara de Vereadores aprovou aquele projeto de origem do Executivo, que obrigará a instalação de chips nos animais de Florianópolis. Daqui a pouco vão querer fazer com os humanos.

    Como sempre, serão PUNIDOS aqueles que cumprem as determinações. Isso só não ocorrerá se houver fiscalização das boas.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: