Coluna de 26 de fevereiro

Maravilhas e mentiras

Ministério Público Federal move ação civil contra quatro telefônicas, porque estas não aceitam cancelamento de serviços por parte dos clientes. Está na hora mesmo de enquadrar empresas que vendem maravilhas e, depois, ignoram a insatisfação do consumidor.

Marcílio, um querido da cidade

Jornalista e advogado Marcílio Krieger, que morreu quinta-feira, foi uma figura admirável do mundo da comunicação. Tive o privilégio de conhecê-lo no final da década de 1970, quando voltou do exílio, em Portugal. Fugira para lá na década anterior, por conta da perseguição movida pelo regime militar. Tinha sido militante de esquerda (na Ação Popular) e, embora não significasse qualquer perigo para o sistema, era alguém “temido” pela ditadura. Vejam só: aquela figura doce e fraternal representar algum perigo para alguém!

Militou na nossa mídia durante mais de uma década, para depois dedicar-se ao direito esportivo. Era um atento observador da cidade e fonte inesgotável de boas informações, que repassava para os jornais, emissoras de rádio e televisão.

Além de todas as virtudes de competente jornalista e advogado Marcílio tinha qualidades humanas indiscutíveis, fruto da sua formação familiar e da longa vivência em países como Chile, França e Portugal. Era o pai da talentosa cantora Bia Krieger, criada e até hoje radicada na França.

O corpo de Marcílio Krieger será sepultado nesta sexta-feira, às 9 horas, no Cemitério Jardim da Paz, bairro João Paulo.

Sandália

Do leitor Fredy Brum, ainda sobre o Carnaval florianopolitano: “Ao invés de tentarem encontrar desculpas para não assumir que erraram e feio nesse carnaval, deveriam calçar a sandália da humildade e começar a partir de hoje a planejar o Carnaval de 2011. Infelizmente esses caras não entendem nada de Carnaval. O negócio deles é se manter no poder, custe o que custar. E o povo como está, está com a corda no pescoço. Diz o dito popular”.

Questão de justiça

Já há políticos querendo se apropriar da ideia da revitalização dos espaços públicos de Florianópolis. É bom que se diga que o Fórum para Revitalização do Centro Histórico, formado por mais de uma dezena de entidades, além do jornal Notícias do Dia e da RIC–Record, é que têm se empenhado em cobrar ações do poder público. E tem mais: uma questão como essa não tem “pai” ou “padrinho”. É um problema da cidade.

Não tem jeito

Ontem ao meio-dia havia pelo menos uma dúzia de mendigos e bebuns refestelados nos bancos da Praça 15. Não apenas eles representam uma ameaça à saúde pública: os cães doentes que os acompanham também precisam ser recolhidos e tratados. O problema é grave, de difícil solução, mas é necessário reconhecer que o poder público está atento e tem acompanhado a situação.

Realismo econômico

Notícias econômicas que estarão nos jornais de hoje e revelam um aparente paradoxo:

– “Desemprego aumenta para 7,2% em janeiro, revela IBGE”

– “Indústria mantém alto o índice de confiança na economia”

E é bom que se diga que a indústria é justamente o setor que mais emprega… e desemprega.

Barbaridade, tchê!

Santa Catarina é mesmo um Estado de contrastes. A forte cultura açoriana do litoral se contrapõe ao tradicionalismo gaúcho, dominante em boa parte do nosso território. Tanto que na noite de quarta-feira a Assembleia Legislativa promoveu uma sessão especial para homenagear os tradicionalistas, numa concorrida cerimônia que reuniu dezenas de cultores do gênero. À proposta foi de autoria do deputado Antonio Derli Rodrigues da Costa (PPS), que é “cataúcho”.

Cidadãos honorários

Dezesseis pessoas, entre as quais o vice-presidente do grupo RIC Marcello Petrelli, serão homenageadas com o título de Cidadão Honorário de Florianópolis pela Câmara Municipal, na semana do aniversário da cidade (23 de março). Os outros homenageados são: Rose Bartucheski, Romualdo França, Marcos Aurélio da Rosa, Ubiratan de Mattos Saldanha, João Soares de Mello, Andréa Buzato, José Natal Pereira, Waldir Gomes da Silva, Luciano Flávio Andriani, Cláudio Vignatti, Galdino José Lenzi, Bruno Mossa, Ezio Librizzi, Onofre Agostini e Ronaldo Brito Freire.

Medalha do Mérito

A Medalha do Mérito do Município será concedida a 20 personalidades: Luciano Presta (in memorian), Valci de Paula Moreira, Kênia Costa, Moacyr Gomes, Cláudio Gastão da Rosa Filho, Hamilton Maciel, Edson Saes Ferreira (in memoriam), Eli Heil, Valésio Alleluia, Confraria do Sambaqui, João Eduardo do Amaral Moritz, João José Cândido da Silva, coronel Paulo Roberto de Freitas, Paulo Helder Bordin, Ênio Back, Angela Albino, Carla Maria Evangelista Vieira Pedrozo, Saulo Fernando Linhares e Walter Euclides Dias Chagas.

Medalha Dias Velho

Outras 12 personalidades receberão a Medalha Francisco Dias Velho: Celino Dias Ferraz, Nilo Marques de Medeiros Filho, Gelci José Coelho (Peninha), Wilson Rodrigo Correia, Jonas Ricardo Pires, Zelindro Farias, Ricardo José Pereira, Walter Piazza, padre Egídio Bertotti, coronel Álvaro Maus, Lourival Fernando Alves Leite e Rubens Ricardo Franz.

Casos raros – Florianópolis continua fazendo jus ao dito popular de ser a “cidade dos casos e ocasos raros”. Uma lancha encalhada no asfalto é mais um caso que acrescentamos à lista de coisas incríveis que só acontecem aqui.

Mau gosto – Aquela horrenda estátua da Via Expressa da BR-282 vai ganhar uma “irmã” em Palhoça? Tudo indica. A loja que adotou a Estátua da Liberdade como símbolo vai abrir uma filial no município em questão.

Missa – Será neste sábado, a partir das 19 horas, a missa dos 20 anos de morte do ex-governador Pedro Ivo Campos. Na igreja da Imaculada Conceição, Rua Victor Konder, próxima ao Banco Redondo.

Logística ilógica – Da leitora Aline Graziela: “Florianópolis atuará como Centro de Inteligência Logística do campeonato mundial de futebol no Brasil, em 2014? Só pode ser piada. Não conseguem arrumar nem a logística do trânsito da capital, vão trabalhar na Copa?”.

Anúncios

2 responses to this post.

  1. Posted by Sergio Luiz da Silva on 28/02/2010 at 16:00

    Damião, lancha encalhada no asfalto não é nada. Você já sabe viu uma atracada no CIC? Seria a mesma? Então…suprema vergonha!!!

    Responder

  2. […] Fatma Revitalização do Centro: Questão de justiça 1/03/10 Da coluna de Carlos Damião, (ND, […]

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: