Coluna de 20 e 21 de fevereiro

Creches

Vereador João Aurélio Valente (PP) aponta um déficit de 1.600 vagas na educação infantil de Florianópolis, apesar da audiência pública realizada em 2009. Ele apela à prefeitura para que construa mais creches, com urgência.

Consolo para a Capital

O ministro do Turismo, Luiz Barreto, afirmou na sexta–feira ao programa “Bom Dia, Ministro” que sua Pasta está trabalhando para que Florianópolis seja uma das subsedes da Copa do Mundo de 2014. “A capital catarinense poderá receber seleções em pré-temporada. Acreditamos que isso seja possível, até porque Florianópolis tem tradição futebolística e é um destino turístico importante do Brasil”, disse o ministro em resposta a um questionamento deste colunista.

Luiz Barreto destacou que a capital catarinense é uma porta de entrada da América do Sul, não só para os turistas latino-americanos, mas também outros estrangeiros, inclusive norte-americanos e europeus. “Por isso, acreditamos que a cidade deva ser uma das subsedes da Copa 2014”, reiterou. O ministro fez também uma avaliação positiva da temporada de veraneio 2009–2010 em Santa Catarina. “A atual temporada consolidou o Estado como um grande destino turístico”, disse.

Desvio de função

Do leitor Paulo Roberto, sobre a Guarda Municipal de Florianópolis: “Guardas armados fazendo policiamento ostensivo de bicicletas, automóveis, motos, cuidando de trânsito (multando). Já os bens públicos são ‘vigiados’ por vigilantes? Espera aí… Quando ocorre algo grave o problema recai sobre a falta de policiamento da PM? Algo anda errado e podes ter certeza que não é com a PM”.

Cultura catarinense

Já está circulando a nova edição de Ô Catarina!, publicação da Fundação Catarinense de Cultura. O número 70 traz uma entrevista com o editor e poeta Cleber Teixeira, um dos ícones brasileiros da arte gráfica e editorial, que há mais de 30 anos mantém em Florianópolis a Editora Noa Noa, cujo trabalho é totalmente artesanal.

Apagão telefônico

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicação de Santa Catarina (Sinttel), Sérgio Domingues, está alertando a sociedade para o risco de apagão dos serviços de telefonia e transmissão de dados, em vista da falta de investimentos na manutenção do sistema e, em especial, da desvalorização dos profissionais do setor.

Sem explicações

Tem alguma coisa que não bate muito bem nessa história do rompimento de contrato entre a Oi e a empresa catarinense Koerich Telecom, que motivou duas mil demissões de trabalhadores na semana passada, conforme esta coluna antecipou em primeira mão no dia 13. Até sexta-feira (19) não havia nenhuma explicação oficial.

Ventilação forçada

Leitor Nacor de Oliveira Serapião Filho pergunta: “Onde está a fiscalização da prefeitura e do Deter que não percebe coletivos de várias empresas trafegando com portas abertas?” Há quem diga que motoristas deixam as portas dos ônibus abertas por causa do calor excessivo que tem se registrado nas últimas semanas. Ar-condicionado nos coletivos? Só pra bonito.

As arquibancadas (1)

A questão do Carnaval ainda está rendendo. Na sexta-feira, o colunista recebeu uma mensagem de Sérgio da Coloninha (Sérgio Alves): “Li em tua coluna a respeito da quantidade de pessoas assistindo aos desfiles das escolas de samba na Nego Quirido. O que aconteceu é que foram prometidos 600 ingressos para cada escola de samba e foram entregues pouco mais de 300”.

As arquibancadas (2)

Prossegue Sérgio da Coloninha: “Fiquei revoltado ao chegar na passarela e ver a primeira arquibancada armada totalmente vazia, a segunda cinquenta por cento vazia e as outras não estavam totalmente cheias, isso porque outras escolas de samba não receberam todos os ingressos prometidos”.

As arquibancadas (3)

Finaliza o leitor: “Na terça, dia do desfile das campeãs, as arquibancadas estavam totalmente ocupadas pelo fato de os ingressos estarem todos à disposição do público. Uma pena não terem oferecido mais camarotes (armados) como havia em outros anos. O número de arquibancadas é pouco, sim, afinal participo desta grande festa há mais de 20 anos e tenho certeza do que falo”.

MEMÓRIA

A Avenida Mauro Ramos no início da década de 1970. À direita, o Campo da Liga, onde hoje está o Beiramar Shopping. Descendo a ladeira, um dos ônibus interestaduais que saíam da rodoviária da época, localizada na esquina com a Avenida Hercílio Luz. A imagem foi registrada num dia de semana: o grande número de automóveis estacionados revela que era dia de feira em frente ao estádio de futebol, no terreno do Exército que continua, 40 anos depois, completamente sem serventia.

Mafuá – Algumas farmácias realmente viraram verdadeiros camelódromos. Num desses estabelecimentos fechados pela Anvisa, em Belo Horizonte, eram vendidos remédios falsificados e, pior de tudo, cigarros contrabandeados do Paraguai.

Inversão – Farmácia vendendo cigarro é um absurdo tão grande quanto uma tabacaria vendendo remédios.

Opereta – A bancada do PP na Assembléia encaminhou indicação ao Tribunal de Contas do Estado solicitando auditoria nas empresas municipais e estaduais envolvidas na contratação, por R$ 3 milhões, do maestro Andrea Bocelli.

O investimento – O vereador João Amin, que tentou instalar uma CPI na Câmara da Capital sobre a árvore de Natal e o não-show de Andrea Bocelli, diz que já foram pagos R$ 2,5 milhões.

Desmonte – Aliás, o secretário-adjunto da Secretaria de Turismo de Florianópolis, Aluísio (Alu) Machado, foi exonerado pelo prefeito na sexta-feira. Dário Berger está desmontando a estrutura da Setur que contratou a árvore de Natal e o não-show de Bocelli.

Picolé – Artista plástico George Peixoto (Picolé) recebe convidados na terça-feira, a partir das 19 horas, para apresentar sua exposição de mandalas Circulacor.

Anúncios

One response to this post.

  1. Posted by Sergio Luiz da Silva on 22/02/2010 at 19:47

    Damião, vamos por partes: (1) o Cleber Teixeira merece mais que uma entrevista no jornal da FCC. É pouco. (2) “Ar-condicionado nos coletivos? Só pra bonito”. Nadinha: serve para compor a tarifa. Nós usuários pagamos para a frota dispor daquelas coisas. Os “empresários” agradecem. (3) O desmonte na Secretaria de Turismo serve para …? Deixa pra lá! (4) Peixoto anda inspirado, então vamos lá conferir.
    Abraços.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: