São Pedro homenageia doutora Zilda

Poucos sabem, mas a família Arns tem uma ligação profunda com a Grande Florianópolis, apesar de ser sempre citada como “originária de Forquilhinha”, Sul do Estado. Na verdade, os antepassados de D. Paulo Evaristo Arns e da doutora Zilda Arns chegaram no século 19 a São Pedro de Alcântara, primeira colônia alemã de Santa Catarina. Ali viveram como agricultores durante muito tempo. Parte de seus descendentes acabou migrando para a região Sul, da mesma forma que outros imigrantes rumaram para o Vale do Itajaí e região serrana.

A importância da família para São Pedro de Alcântara é tamanha que D. Paulo esteve na colônia e foi homenageado com uma placa, afixada na Igreja Matriz, na passagem do sesquicentenário da imigração alemã, em 1979.

Por conta desse histórico, a prefeitura de São Pedro de Alcântara fará uma homenagem póstuma, no dia 1° de março, 181° ano da imigração alemã, à doutora Zilda Arns, irmã de D. Paulo, falecida há sete dias, em consequência do terremoto que atingiu Porto Príncipe, capital do Haiti.

Anúncios

One response to this post.

  1. Parabéns Damião pela nova coluna do ND. A cidade ganha muito com o seu olhar e suas reflexões e ponto final. abraço.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: