Coluna de 30 de dezembro

Árvore e show podem virar CPI

Continua repercutindo muito mal a sequência de trapalhadas de fim de ano protagonizadas pelo secretário de Turismo da Capital, Mário Cavallazzi. Na segunda-feira o portal Terra publicou ampla reportagem sobre o não-show de Andrea Bocelli, que deveria acontecer na noite daquele dia. Por conta dos fatos acumulados e da revelação do portal de que o endereço da empresa Beyondpar, contratada por R$ 3 milhões para organizar o show, corresponde a uma clínica de estética no Rio de Janeiro, o vereador João Amin vai apresentar na reabertura dos trabalhos da Câmara Municipal um requerimento propondo a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). Caso aprovada, a CPI vai investigar as festas de fim de ano em Florianópolis, especialmente os casos da árvore da fortuna e do não-show de Bocelli.

O vereador afirmou que vai buscar a adesão de colegas mesmo durante o período de férias. São necessários seis votos para levar o pedido ao Plenário. Já para instalar a CPI são precisos votos de 11 dos 16 parlamentares.

Pela repercussão negativa dos dois casos, tanto no município quanto no plano nacional, é improvável que os vereadores se neguem a investigar a história, buscando, evidentemente, a responsabilização dos eventuais culpados.

 Amin na Guarujá 

Ex-governador Esperidião Amin deu uma longa entrevista ontem à rádio Guarujá, no programa Conexão da Tarde, ancorado pelo jornalista Marcelo Fernandes. Amin analisou o quadro eleitoral que se apresenta para 2010, recomendou a coligação PP-PT – já no primeiro turno – para disputar o governo do Estado e fez severas críticas ao secretário Mário Cavallazzi, seu ex-aliado político.

Indefinição

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Joinville, Eni Voltolini, é um dos principais elos com a deputada federal Angela Amin (PP). Passa então a ter papel fundamental para que Angela entre no maior colégio eleitoral de Santa Catarina, com mais de 300 mil eleitores. A única dúvida é que Voltolini não decidiu ainda se disputará uma vaga para a Assembleia Legislativa ou Câmara dos Deputados. A decisão acontece em março de 2010.

Climatização 

A Prefeitura de Joinville está determinada a investir no Turismo. Além de estruturar o Parque da Expoville, a ideia é climatizar o Centreventos Cau Hansen. Apesar de ser um dos belos cartões postais de Joinville, o Cau Hansen não tem ar-condicionado em nenhum setor. Algo que afasta investidores e organizadores de eventos. Ninguém aguenta o calor. 

Candidata palhocense 

Depois das festas de final de ano, o prefeito de Palhoça, Ronério Heiderscheidt, vai definir com seu partido (PMDB) uma estratégia para garantir a viabilidade eleitoral da candidatura da primeira-dama Dirce Heiderscheidt para a Assembléia Legislativa. A ideia é estadualizar o nome de Dirce para a disputa eleitoral, uma vez que ela já vem trabalhando há bastante tempo na região metropolitana.  

Território disputado 

Ainda sobre candidaturas regionais, parecem bem definidos alguns nomes da Grande Florianópolis para a disputa à Assembleia Legislativa. Pelo PMDB, Walter Gallina, Dirce Heiderscheidt, Renato Hinnig e Edison Andrino, os dois últimos candidatos à reeleição. Pelo PPS, Sérgio Grando. Já os tucanos têm dois nomes certos – os atuais deputados Marcos Vieira e José Natal Pereira. O PP pode lançar o vereador João Amin. 

Eleitorado cobiçado 

É necessário que se faça uma ressalva: quase todos os candidatos a deputado estadual e federal beliscam apoio na região metropolitana de Florianópolis, que tem um eleitorado muito diversificado, com moradores provenientes de todas as regiões do Estado. O caso mais sério é de alguns representantes do Sul, que mantêm residência na Capital para se apresentar aos eleitores como “florianopolitanos da gema”. 

Namoro  

O namoro político entre a senadora Ideli Salvatti (PT) e o empresário joinvilense Udo Döhler (PR) poderá dar em casamento no mês de fevereiro. Pelo menos é a intenção do PT, que tem pressa na definição da coligação com o PR rumo ao governo estadual, caso o partido lance chapa puro-sangue. O empresário está analisando o quadro. Ideli já avisou que se não for Udo será outro empresário, talvez da região de Blumenau. 

Ferrosul (1) 

Repercutiu bem junto à Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic) a aprovação, por parte da Assembleia Legislativa, do projeto que autoriza o governo catarinense a constituir a Ferrosul, junto com Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul. A empresa, que será pública, terá o objetivo de planejar, investir e operar projetos ferroviários. 

Ferrosul (2) 

O projeto da Ferrosul foi apresentado pelo deputado Pedro Uczai (PT) e atende a uma reivindicação antiga da região Oeste catarinense. Segundo o presidente da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic), Vincenzo Francesco Mastrogiacomo, “há mais de 20 anos reivindicamos uma ferrovia para receber insumos de outras regiões e para escoamento da nossa produção agroindustrial aos portos marítimos. Agora podemos ter esperanças de que isso será realidade”.

Falta de civilidade 

Leitor Jorge Borsa, que mora em Jurerê Internacional, escreveu e-mail para acrescentar informações sobre a bagunça naquele bairro. Na segunda-feira, em plena luz do dia (19 horas), frequentadores bêbados de um badalado restaurante urinavam no gramado ao lado, sem que ninguém se atrevesse a repreendê-los. Não há policiamento, nem Guarda Municipal, muito menos vigilância privada capaz de colocar ordem no balneário. 

Cueca-bomba 

No Brasil, políticos usam cuecas e meias para carregar dinheiro ilícito, fruto da corrupção. O nigeriano terrorista, flagrado num avião estadunidense, levava na cueca o material explosivo que pretendia detonar a bordo da aeronave. Cada um usa a cueca de acordo com suas convicções…

[ Coluna publicada no Notícias do Dia, edição de 30 de dezembro de 2009, página 2 ]

Anúncios

4 responses to this post.

  1. Posted by Marcelo on 30/12/2009 at 13:13

    o damião, colocá aí a entrevista do esperidião! Não tem na net!
    Abraço!

    Resposta

  2. O Amin está pirando. ter a Ideli no palanque no primeiro turno é o beijo da morte II , o primeiro ela deu no Sarney.

    A Ideli tem uma avassaladora rejeição nos formadores de opinião. De minha parte toneladas de tijolos serão arremessados em direção dessa oportunista.

    Resposta

  3. Posted by Pedro Paulo on 30/12/2009 at 18:54

    Damião,

    Quem foi a grande revelação e quem foi a grande decepção na política catarinense em 2009?
    Lance a pergunta, para que possamos opinar!

    Resposta

  4. Posted by Fernando on 02/01/2010 at 7:49

    A CPI da Árvore fará a CPI da Tainha que desgastou a Prefeita Angela Amin e resultou na condenação à prisão do Secretário de Turismo Airton Oliveira, uma brincadeira de criança. Esperem pra ver. camburão pro Cavallazzi será pouco e, ainda vai acabar levando gente com ele…

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: