Florianópolis, uma cidade turística de araque

Na nossa maltratada e abandonada Praça 15 de Novembro, os turistas eram recebidos por um incrível comitê de recepção ao meio-dia de uma segunda-feira normal (dia 22 de dezembro): índios equatorianos tocando músicas típicas dos Andes; um solitário saxofonista interpretando clássicos dançantes; dois travestis rodando bolsinha; um carrinho de sorvetes da Sorveteria Copa 70; dois engraxates; três bêbados circulando em volta da figueira; uma “estátua viva” pintada de branco. Cidade turística, a nossa, não? 

* * * 

Minha filha caçula (9 anos), que me acompanhava pelo Centro, perguntou: “São indígenas de verdade? De Floripa?”. Ela se referia aos equatorianos que tocavam suas músicas e dançavam em volta da figueira. Que estarão de volta na próxima segunda-feira e continuarão fazendo suas performances até que todos os turistas tenham ido embora, no final de fevereiro.

Anúncios

5 responses to this post.

  1. Posted by Sergio Luiz da Silva on 25/12/2009 at 14:41

    Damião, procurou algum restaurante para almoçar hoje na região central? Então…

    Responder

  2. Posted by Zé da Silva on 26/12/2009 at 11:45

    Realmente. Passear no centro tá virando passeio de indio. Turismo? Basta ver o tipo de turistas que tem vindo para deduzir que a galinha de ovos de ouro está morrendo. Se esses governos e vereadores que nos assolam tivessem escutado as criticas e o blogueiros não chegariamos à destruiçào de florianópolis nem a redução do turismo

    Responder

  3. Posted by Marcilio Krieger on 26/12/2009 at 17:46

    Damião,
    os nativos aqueles que cantavam e dançavam ora na Praça XV, ora na Praça da Alfândega, ora na Felipe Schmidt…. ERA( são) EQUATORIANOS? Tens certeza?
    Pois, meu caro, eu os vi e escutei e não tenho dúvidas quanto à origem ANDINA das músicas, mas os trajes…
    … me pareceram de moicanos saídos de filmes de bangue-banguE. Estarei equivocado?
    Marcilio
    Ops: ainda é tempo, irmãos. BOAS FESTAS!

    Responder

    • Posted by carlosdamiao on 27/12/2009 at 9:21

      Tens razão, querido Marcílio. Eles parecem moicanos saídos de filmes de bangue-bangue. Mas eu os entrevistei em janeiro do ano passado e eles me asseguraram que são do Equador. Podem ter mentido, porque a gente sabe que índios gostam de prosear… Igual, Feliz Ano Novo pra ti, meu caro amigo.

      Responder

  4. Pow, floripa não é centro e centro não é praça XV e praça XV não é indio equatoriano vestido de indio norte-americano, esqueceu da figueira? dos museus e prédios antigos em volta? tem uma catedral gigante bem na frente da praça XV.
    analise um pouco melhor a cidade, eu acho sim é que deviam investir em coisas mais úteis que o turismo, podia destruir aquela catedral e botar uma escola no lugar, melhor utilização de espaço.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: