Bocelli será aperitivo de campanha?

O secretário Mário Cavallazzi admitiu em entrevista ao Conexão da Tarde (Guarujá), ancorado pelo Marcelo Fernandes, que o eventual cancelamento do show de Andrea Bocelli — já eliminado da agenda do artista, conforme este blog (com a colaboração de Cesar Laus) anunciou na manhã desta terça-feira — pode não ser exatamente um cancelamento, mas a transferência para uma nova data, o aniversário de Florianópolis (23 de março). Ou seja, será um evento da campanha do PMDB ao governo do Estado.

Mas é claro que isso não vai ficar assim. Há indicativos de uma nova operação suspeita no ar, de novo com dinheiro público, repetindo o caso da árvore. Vejam o que diz o advogado Gley Sagaz num comentário, sintetizando o que outros leitores também escreveram:

O Contrato de Prestação de Serviços n° 942/SETUR/09, entre Sec da Turismo x BEYONDPAR, prevê o pagamento de R$ 3 milhões de reais para promover o show de Andrea Bocelli. Já o Contratofirmado entre BEYONPAR e ANDRE BOCELLI, prevê o pagamento de cachê de U$ 200 mil. Só um lembrete: OS 3 MILHÕES FORAM REPASSADOS À PREFEITURA PELO GOVERNO DO ESTADO (os famosos FUNDOS). É mais um escândalo à vista.

Portanto, parece nítido que o Ministério Público do Estado, a Justiça e o Tribunal de Contas terão mais um caso sombrio para investigar. Principalmente por uma questão: o contrato com Bocelli previa dois pagamentos (setembro e outubro), já efetivados, e um terceiro no dia da apresentação. Se o cantor recebeu o dinheiro e a montagem da estrutura estava prevista no contrato, por que o show será adiado?

Como eu disse no início deste post, março é um mês de movimentação política, por conta da campanha que se avizinha. O show, portanto, virá a calhar para as pretensões do PMDB, que não quer largar o osso do governo do Estado por nada deste mundo.

Anúncios

3 responses to this post.

  1. Posted by gley sagaz on 23/12/2009 at 0:00

    Caro Damião.

    Na verdade o pagamento dos 3 milhões à Empresa BEYONDPAR, está previsto na cláusula QUARTA do contrato, da seguinte forma:
    R$ 1.000.000,00 até 20 de setembro;
    R$ 1.500.000,00 até 30 de outubro;
    R$ 500.000,00 no dia da apresentação do show.
    Fácil entender. R$ 2.500.000,00 foram pagos a empresa BEYODPAR, que pelas datas já foram pagas. Já a última Parcela seria paga ao ANDREA BOCELLI. Quem assina pela empresa (atravessadora) é o Sr. Ricardo Botelho Valente.

    Responder

  2. Posted by Aline on 23/12/2009 at 11:32

    Já comentei, tempos atrás, que estamos pagando uma quantidade enorme de palcos para estas festas de final do ano. De acordo com o Cavallazi, tem palco previsto no contrato da árvore [embora o advogado da empresa contratada negue]. Deve ter palco neste contrato do Bocelli. E a prefeitura ainda fez uma licitação específica para palco, camarins, etc. Tá sobrando. Os caixinhas das campanhas serão bem gordinhos no próximo ano.

    Dinheiro na mão é vendaval
    É vendaval
    Na vida de um sonhador
    De um sonhador
    Quanta gente aí se engana
    E cai da cama com toda ilusão que sonhou
    E a grandeza se desfaz
    Quando a solidão é mais
    Alguém já falou
    Mas é preciso viver
    E viver não é brincadeira não
    Quando o jeito é se virar
    Cada um trata de si
    Irmão desconhece irmão
    E aí dinheiro na mão é vendaval
    Dinheiro na mão é solução
    E solidão

    Responder

  3. Posted by Ernesto São Thiago on 23/12/2009 at 23:46

    Sem entrar no mérito da legalidade, do ponto de vista da quebra da sazonalidade do nosso Turismo é muito melhor mesmo que o show do Bocelli ocorra fora da temporada, especialmente em março, mês em que um público mais maduro e de maior poder aquisitivo, formado por aposentados, empresários e profissionais liberais sem filhos, com gosto cultural apurado, estará analisando os destinos mais atrativos para passarem suas férias. Atinge este mercado quem for mais competitivo e um atrativo desta envergadura certamente fará a diferença. Realizá-lo agora seria chover no molhado, pois a cidade, como sempre, já estará de qualquer modo cheia de turistas e de uma faixa etária e padrão cultural que talvez fosse dar pouco valor ao espetáculo.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: