A árvore e Bocelli

Andam em curso informações sobre um possível adiamento do show de Andrea Bocelli, programado para dia 28, por conta dos problemas com a árvore de Natal. Não é verdade. Não acreditem. O contrato para o show de Bocelli é outro caso, não tem nada a ver com a árvore. Tanto que a prefeitura contratou uma empresa diferente para montar o palco, pelo valor (irrisório, diante do resto) de R$ 20 mil. Em tempo — O show já está praticamente pago, uma vez que as parcelas maiores venceram em setembro e outubro. No dia do show será saldado o resto de R$ 500 mil (o total é de R$ 3 milhões).

Anúncios

12 responses to this post.

  1. Posted by Cesar Laus on 21/12/2009 at 14:29

    Mais R$ 1 milhão 400 mil para os músicos.

    Sem esquecer, lógico.

    Responder

  2. Posted by Aline on 21/12/2009 at 14:47

    Ditadura Midiária.

    A entrevista é sobre a Itália, mas parece nosso futuro.

    Do site ComGurus [http://www.comgurus.com.br/2009/12/19/dica-do-ze-11/].

    Responder

  3. Posted by alberto roberto on 21/12/2009 at 15:52

    Tenho uma ideia. Pega uma parte do dinheiro, uns R$ 100 mil, e contrata o Band Show da PM para fazer um grande baile aberto na noite do dia 31. Cara, ia bombar??? Ah, e a árvore da discórdia deixa lá mesmo, apagadinha. Abs, um bom Natal e um 2010 melhor ainda. Fui

    Responder

  4. Posted by Henrique on 21/12/2009 at 17:13

    Alguém tinha de perguntar pra esse tenor quanto ele cobrou p/ vir pra cá – há cerca de um mês, o moacir pereira dava nota no blog dizendo q o “cowvallazzi” estava em Londres para fazer o pagamento da primeira parcela – ninguém se perguntou por que ele precisou ir até lá – será que levou o dinheiro … na meia? na cueca? se futucar bem aí também tem coisa.

    Responder

  5. Posted by Henrique on 21/12/2009 at 17:35

    Perguntei ao Google qto ganha um cantor de ópera. O site “intermezzo.typepad.com” diz em matéria de 11 de outubro que os poucos “top stars” da ópera podem esperar um cachê de 15 mil euros por show. O governador, segundo release da SOL, qdo anunciada a vinda de Bocelli, falava em cachê de 800 mil euros… Conferir em “Funturismo e Funcultural apoiam show de Andrea Bocelli No Natal Luz de Florianópolis” em http://www.sol.sc.gov.br. O Mosquito diz que o contrato fala em 200 mil euros de cachê. Será que pode cancelar um show assim sem pagar multa?

    Responder

  6. Posted by Henrique on 21/12/2009 at 17:42

    O site Intermezzo, na verdade, cita matéria publicada em outubro pelo jornal francês Le Figaro com o título “L’argent des stars de l’opéra”. Conferir em http://www.lefigaro.fr. No Intermezzo, a matéria se chama “How much do opera singers earn?”.

    Responder

  7. Posted by Sergio Luiz da Silva on 21/12/2009 at 18:43

    Convenhamos: Bocelli não é um Plácido Domingo, nem um José Carreras – para simplificar e lembrar dos tenores “populares”. Bocelli, conforme críticos, sequer poderia estar assentado naquela classificação. Faz mistura de popular com o “clássico”; flerta com a “ópera”, talvez. Bocelli e mágicos encantam ouvidos e ouvintes por razões diversas. Como a breguice impera nos meios que organizam (!) os eventos aqui na Ilha, lá vem aquele padreco global, pagodeiros, axé e coisas do genêro. Sinceramente, não saio de casa para essas “atrações”. Quando leio os valores que serão ou foram gastos, então…dedo na goela.

    Responder

  8. Posted by Henrique on 21/12/2009 at 19:24

    Tá certo. Bocelli não é ópera. É show business. Brega, mas no show business em geral os valores são mais altos mesmo.

    Responder

  9. Posted by jânio on 21/12/2009 at 21:22

    Susan Boyle canta melhor…

    Responder

  10. Posted by evertom pereira on 22/12/2009 at 10:18

    o grande escândalo está justamente neste contrato ,com duas empresas chamadas beyondpar e beyondcom.
    2 milhões e meio já pagos, atraves de duas empresas laranjas, com dispensa de licitação.
    Este sim é bem maior do que o da árvore, ou não?
    Ah, as ditas empresas não tem nada a ver com o Bocelli, são apenas atravessadoras, sem exclusividade com o mesmo.

    Responder

  11. Posted by João C. on 22/12/2009 at 13:12

    Henrique, o contrato de prestação de serviço número 942/2009, firmado entre a prefeitura de Florianópolis e a nebulosa Beyondpar Assessoria e Marketing Ltda, empresa constituída ano passado no Rio de Janeiro, diz na sua cláusula Quarta:

    O valor do presente contrato corresponde a R$ 3 milhões a serem pagos em três parcelas: R$ 1 milhão até 20 de setembro; R$ 1,5 milhão até 30 de outubro e R$ 500 mil no dia da apresentação do show.

    No contrato firmado entre a Beyondpar e o tenor italiano – por que será que a prefeitura não contratou diretamente?? – aparece o cachê de Bocelli: U$ 200 mil.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: