To Sir With Love, um filme, uma música

Poucos filmes têm a capacidade de me emocionar quanto Ao Mestre Com Carinho (To Sir With Love, 1967), obra-prima de James Clavell, estrelada pelo magnífico ator Sidney Poitier. É daqueles filmes marcantes, históricos, inesquecíveis, que assisti hoje de novo, numa sessão do TCM (pena que a versão exibida era dublada).

Outras obras cinematográficas posteriores tentaram repetir a fórmula – em síntese, o professor que é designado para lecionar a uma turma problemática, com sérios desvios comportamentais. Mas, honestamente, nenhuma teve a capacidade de fazê-lo com tanta propriedade, beleza e emoção quanto To Sir With Love. Sociedade dos Poetas Mortos (Carpe Diem) também é bom, mas não tem como comparar; embora grandioso e bonito, é de outra época e não tem o mesmo impacto. Além do que, o personagem de Robin Williams soa anárquico, descontraído, modernete, enquanto o professor de Sidney Poitier tinha a sobriedade como marca.

Pra quem nunca viu, recomendo Ao Mestre Com Carinho, que continua sendo uma grande lição humana, de ética, comportamento e educação. Não só pelo filme, mas também pela emocionante música interpretada por Lulu que marcou a infância e adolescência de tanta gente, inclusive a minha. (No vídeo acima, Lulu aparece interpretando a música-tema em diversos momentos, inclusive numa apresentação mais recente).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: