Jornalismo não é ministério público nem tribunal

O Bom Dia Brasil de hoje foi um verdadeiro tribunal. Ao invés de noticiar, o programa promoveu um julgamento sumário do governo, como se fosse possível condenar os governantes pelo que houve na noite de terça-feira e madrugada de quarta-feira.

O governo, por sua vez, cometeu o erro de divulgar inúmeras versões para o que ocorreu. Até que o presidente Lula percebeu a mancada e decidiu pela unificação do discurso.

Há muitas perguntas sem respostas, que só podem ser sanadas por uma auditoria técnica. E a engenharia não pode ser colocada na parede dessa forma, como se a atividade profissional dos milhares de engenheiros e técnicos envolvidos com o setor elétrico fosse uma brincadeira de Lego ou de Playmobill.

Anúncios

5 responses to this post.

  1. Posted by Carlos on 12/11/2009 at 13:40

    Me parece que a regra do jogo é essa. O governo federal usa e abusa da vitrine televisiva para se vangloriar de seus feitos “nuncaantes”, então que trate de se explicar pelo mesmo meio quando ocorre uma zebra qualquer.

    Responder

  2. Posted by Rodrigo Carioni on 12/11/2009 at 14:05

    Damião
    até entendo sua opinião em relação à posição da Globo. Mas, não se esqueça de que foi o próprio Governo que, inúmeras vezes, alardeou que não haveria mais apagão, que nunca antes na história houve tantos investimentos em geração e transmissão, blá, blá, blá. Ou seja, estão (eles, o governo) na obrigação de prestar contas: estavam mentindo ou exagerando nas declarações pré-apagão?

    Responder

  3. Posted by Yuri on 12/11/2009 at 16:13

    Uma “pequena” diferença”: Este apagão durou horas e teve causa em linhas de transmissão, devido à descargas atmosféricas (raios). Aquele apagão de 2001 durou UM ANO, na forma de racionamento forçado, e teve como causa a deficiência de geração de energia e a deficiência de transmissão de energia. Aquele custou mais de R$ 45 bilhões e mais de 2 p.p. do PIB. Hoje o que precisamos é um melhor gerenciamento do sistema, pois os investimentos para que não ocorram apagões como AQUELE de 2001 já foram e continuam sendo feitos.
    A Globo está forçando a barra mesmo. E infelizmente isso acaba desviando a discussão dos pontos que precisam ser melhorados. Há muito o que ser criticado, mas o que estão tentando fazer é tirar a jaca do pescoço do FHC, que sucateou tudo neste país, ao comparar dois eventos COMPLETAMENTE distintos.

    Responder

  4. Posted by Roberto Stähelin on 12/11/2009 at 17:52

    O problema, Damião, é que é o próprio governo que politiza tudo, neste fase pré-eleitoral. É como se já estivéssemos em plena campanha eleitoral do ano que vem. Na preocupação de que a oposição viesse a explorar politicamente a coisa, o governo se adiantou dizendo mil e uma besteira e, ele próprio, governo (seus vários porta-vozes) iniciaram a comparação ou querendo distinguir o apagão atual do apagão do FHC. Daí pra frente, foi só bola nas costas, ou melhor, deixou a bola quicando na marca do pênalti… Tanto, que não foi só a Globo a explorar esta derrapada do Governo.

    Responder

  5. A PETRALHADA é phlóda. Rod Car está certo.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: