Novidades em Sucupira, digo, São José

O que era apenas um desentendimento entre prefeito e vice, em São José, está se transformando numa crise institucional gravíssima. O titular, Djalma Berger, demitiu hoje todos os assessores que trabalhavam na sede do Executivo e que tinham sido indicados pelo vice, Telmo Vieira.

Na semana passada, a Câmara de Vereadores, contrariando a Constituição Federal, aprovou uma resolução interna que impede (ou dificulta) a posse do vice na ausência do titular. Houve reações indignadas por toda parte. E, por conta do inusitado, um repórter de uma rede nacional de TV foi pautado para entrevistar o prefeito, em busca de mais detalhes sobre o despotismo municipal.

A informação que circula pela cidade, em tom de piada, é que o repórter foi ao local combinado, a prefeitura, para a entrevista agendada com antecedência. Lá chegando, o profissional deparou-se com uma coletiva no horário acertado previamente. Irritado com a falta de respeito, o jornalista deu meia volta e foi embora.

Para quem não conhece a liturgia da comunicação: quando um repórter solicita uma entrevista exclusiva, a entrevista é exclusiva, para ele e para o veículo que representa. Ao transformar a exclusiva em coletiva a autoridade em questão desrespeitou flagrantemente um código de ética que permeia as relações entre a imprensa e o poder público.

Anúncios

4 responses to this post.

  1. Posted by Nassif on 10/11/2009 at 23:12

    O que voces esperavam? Uma cidade que tem um prefeito q é engenheiro metido a marqueteiro e um assessor de imprensa que é enfermeiro metido a jornalista iria dar em outra coisa? Querem ser espertos, governar com o fígado e aí… acaba nisso: Sucupira Again, and Again… Pobre povo de São José que ainda não aprendeu a votar.

    Responder

  2. Posted by Yuri on 11/11/2009 at 0:32

    Código de ética na nossa Sucupira? Não me faça rir, caro Damião!

    Responder

  3. Posted by Alex on 11/11/2009 at 8:29

    Eu acho que os políticos de São José contam com a quase ausência da imprensa fiscalizando seus atos. Apesar de ser uma cidade economicamente e populacionalmente importante para SC, São José não tem muita cobertura dos veículos de comunicação catarinenses. Os jornais regionais da cidade também não ajudam, pois só fazem puxar o saco de quem está na prefeitura e câmara de vereadores. Daí, eles aproveitam…

    Responder

  4. Nossa riquísima São José, porta e porto importante de nossa história. Entreposto histórico, cenário de passagens obrigatórias da cultura catarinense. Quando falas no Gerlach, lembramos do trabalho hercúleo quase heróico do Gilberto, irmão da Elenita. But, toca pavão misterioso que é melhor…

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: