A Exceção e a Regra

Estranhem o que não for estranho.

Tomem por inexplicável o habitual.

Sintam-se perplexos ante o cotidiano.

Tratem de achar um remédio para o abuso

Mas não se esqueçam de que o abuso é sempre a regra.

Trecho de “A Exceção e a Regra”, fábula teatral sobre o Direito e, por que não dizer, sobre a Justiça, escrita pelo dramaturgo alemão Bertolt Brecht (1898-1956).

Anúncios

2 responses to this post.

  1. E porque não dizer, sobre o jornalismo?

    Responder

  2. Posted by Roberto Stähelin on 06/11/2009 at 13:56

    É verdade, Artur, a imprensa abusa da nosssa inteligência, da nossa paciência, do nosso bovinismo, quando poderia e deveria exercer o seu papel de verdadeiramente informar e não tergiversar, de mais denunciar do que se esconder por detrás de conveniências, de mais investigar do que esperar que as notícias venham ao seu encontro ou caiam em seu colo ou mesmo sejam simplesmente “produzidas”, entre “otras cositas más”…

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: