Um depoimento emocionante

 

Trago para cá o depoimento de uma amiga, postado num comentário. Ela é mãe de um PM. E o que ela diz é de doer. 

Tenho estado amedrontada nos últimos tempos com a proporção alarmante de violência que vem tomando conta da nossa querida Ilha de Santa Catarina.

Não posso deixar de comentar o tópico do teu blog, uma vez que, como mãe de policial militar, sinto na pele o que vem acontecendo. Sou contra matar, acho que ninguém tem o direito de tirar a vida de seu semelhante. Mas prefiro, mil vezes, ver um bandido morto a sequer pensar na possibilidade de ver ferido meu filho, policial exemplar, destemido, que coloca em risco a própria vida cada vez que sai para o trabalho, lutando por uma cidade melhor, com menos violência. Filho este pelo qual lutei muito para dar uma boa educação, estudo e condições pra que se tornasse um homem de bem, do qual tive muito orgulho de ver sendo condecorado com o 1º lugar entre quase mil policiais no ano de sua formatura. Não me conformo de ter que secar a sua farda a ferro, porque além de ser a única que ele tem pra usar todos os dias, não posso secá-la em lugar visível aos bandidos de plantão. Prefiro mil vezes saber que tem um bandido a menos na cidade, colocando em risco a vida de pessoas de bem, do que ver tombado um policial de bem, pai de família, companheiro do meu filho, como foi o caso do cabo morto por bandidos, em combate no mês passado em São José.

Florianópolis está diferente, os bandidos estão enfrentando a polícia com uma ousadia cada vez maior. Cada vez mais policiais tem sido mortos em combate. Até quando nós, cidadãos de bem, que pagamos nossos impostos, que não são poucos, teremos que ficar a mercê dessa insegurança, como se fôssemos nós os bandidos?

Grande abraço, Damião!

Maria Viccari – mãe do SD Viccari, 22º BPM.

Acrescento apenas que minhas críticas à PM não são dirigidas aos valorosos praças, nem aos cabos e sargentos. Quem define a linha de trabalho e ação da PM são os comandantes, a começar pelo comandante máximo, que é o governador (titular) do Estado, doutor Luiz Henrique da Silveira. Todos sabemos que o doutor LHS anda muito ocupado ultimamente para ter que se preocupar com coisas menores, como a segurança pública, o bem-estar da população, dos praças, oficiais sérios, policiais civis e delegados…

Anúncios

4 responses to this post.

  1. Como policial e como filho, tenho orgulho em ter uma mãe como essa, que se dedica integralmente aos filhos, no intuito de ver estes chegarem a idade adulta com educação e moral, coisa que nesses tempos modernos tem sido deixados para trás.

    A você mãe, o meu enorme abraço e sinceros sentimentos de gratidão e amor.

    Com relação à PMSC, os sentimentos são os mesmos, mas infelizmente a recíproca por parte dos comandantes não é verdadeira, pois estes cada vez mais comprometem a qualidade da segurança pública.

    Ao jornalista Carlos Damião, envio meus cordiais cumprimentos, parabenizando-o por este blog, isento de atrelamento político, sem manchas escuras que possam denegrir a veracidade e o comprometimento deste instrumento da verdade, esta arma mortal contra as injustiças no mundo. A qual arma me refiro? A verdade, exercida através da liberdade de expressão; arma esta que os militares ainda não tem acesso, pois não somos cidadãos, nem plenos, nem de direitos.

    Charles Viccari – Sd PM 22º BPM

    Responder

  2. Posted by Praça! on 15/10/2009 at 0:29

    É Daminão.. as coisas não estão fáceis na rua.. pra criticar, tem um monte. Pra ajudar, quase ninguem. Nem dentro na cooporação as pessoas se respeitam. O governo, também não parece muito preocupado. Enquanto isso, praças continuam morrendo. A morte do Cb Coelho não passou no Jornal Da Globo. Já os policiais “violentos” de timbó.. várias vezes…

    Responder

  3. Posted by cosme manique barreto on 15/10/2009 at 8:22

    Falar e facil, dificil e fazer, coloque uma farda ede uma volta dentro de uma viatura, numa noite em bairros que voces nunca foram, depois conte a experiencia.

    Responder

  4. Eu como um PM da velha gurda do Comado pelo Cel Lara Ribas, fico triste em ver um depoimento desta sra mae de Vicarri, quando ela diz que o sd não pode nem mostrar a sua farda , que parece ele sd ser o marginal. Meus irmão esta é a mais pura expreção da verdade.
    A onde estão os Comandates na nossa tão Briosa que era a PMSC?

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: