Asfalto casca-de-ovo

 

Impossível não fazer um paralelo entre o que aconteceu com a recuperação do asfalto na Avenida Beira-mar e uma iniciativa do passado, mais precisamente da década de 1950. Conta a lenda que o prefeito da cidade, Osmar Cunha, criou uma nova modalidade de pavimentação: o asfalto casca-de-ovo. Logo depois que secava, as pistas eram liberadas e os veículos transformavam as ruas da cidade numa verdadeira maçaroca, como se fosse casca-de-ovo amassada.

A diferença é que, no caso atual, a manta asfáltica nem precisa de automóveis para virar a maçaroca: ela se desmancha com a simples ação da chuva.

Anúncios

5 responses to this post.

  1. Posted by Angela on 01/10/2009 at 23:18

    Essa história é maravilhosamente contada no livro do Beto Stodieck

    Responder

  2. Além da história lembrada por Angela, que com toda certeza é a Albino, Beto, na década de 80 registrou, depois de uma investida frustrada de recuperação da SC 401 – “decididamente, o asfalto utilizado em Florianópolis não é à prova d’água”. Damião, pelo visto, a “urina” de asfalto daquela época evoluiu apenas para alterar a composição do produto…

    Responder

  3. Posted by Joanildo on 02/10/2009 at 7:47

    Caro Damião, não precisa ser gênio para entender que um asfalto que leve de 7 a 10 dias para secar, não serve para Florianópolis. Se eles quiserem, eu dou uma aulinha gratuita sobre dinâmica atmosférica e sua implicações em Florianópolis. Eu as vezes me questiona se “esse povo” é mal intencionado ou burro, ou os dois. Inté!

    Responder

  4. Posted by Joanildo on 02/10/2009 at 7:49

    Bem, segundo os comentários anteriores versam sobre a inteligência da equipe de LHS, sempre me questionava se a equipe de LHS era burra ou sem vergonha. Depois dos comentários anteriores, chego a conclusão que “eles” são mal intencionados.

    Responder

  5. Posted by Mauricio on 02/10/2009 at 13:14

    “O tempo de cura, que depende da formulação e do tipo da emulsão asfáltica e das condições climáticas, varia geralmente de 1 a 3 horas, quando exposta ao sol.”(http://www.brasquimica.com.br/lamaasfaltica%20.html) É um site sério…..

    Os técnicos e politicos estão é engando a população com desculpas tolas. A lama asfaltica é um exelente produto para o fim desejado…..mas o erro começa no planejamento da obra, que interfere drasticamente em uma via que não pode sofrer este tipo de interferência danosa. Diminuir custo com planejamento errado (que se rale a população) e uso de material inadequado, pois a cura não deveria passar de tres horas, não de uma semana.
    “me angana que eu gosto!!!!!!!”

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: