A primavera e as chuvas

 

Como é bom ouvir alguém especializado sobre o que está acontecendo no Sul do Brasil. Em entrevista à CBN nacional há pouco, Mônica Lima, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), explicou que a repetição de fenômenos climáticos no Sul do Brasil é relacionada à própria natureza da primavera, que é uma estação de extremos. E o Sul do Brasil está sujeito regularmente ao mau tempo e ao frio por causa da proximidade com o Polo Sul. Em outras palavras, não há nenhuma fúria do tempo ou fúria da natureza a nos ameaçar todos os anos. Há situações extremas, por conta da entrada da nova estação.

Indagada pelo âncora sobre uma eventual ligação entre as chuvas e o aquecimento global, ela respondeu com tranquilidade: nós não temos parâmetros para comparar, ou seja, não sabemos como o tempo se comportava há 100 ou 200 anos. No caso de Santa Catarina, há registros históricos indicando que o dr. Hermann Blumenau encontrou alagadas as terras onde construiria Blumenau – isso em 1850! Mesmo assim, o imigrante alemão deu continuidade ao seu projeto, ou seja, implantou povoação numa área que era inundada pelo Itajaí-Açu com relativa frequência. Foi apenas uma, entre tantas outras ocupações irregulares por parte dos colonizadores estrangeiros que chegaram ao Estado entre os séculos 18 e 19.

Anúncios

One response to this post.

  1. Posted by Alex on 30/09/2009 at 8:10

    Eu comprava ela, com certeza!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: