Um homem do livro

 

Morreu uma grande figura humana de Florianópolis, um incansável batalhador da cultura catarinense. Vilson Mendes, que fundou a editora Papa Livro e publicou dezenas de títulos de novos e também de consagrados autores.

Conheci o Vilson no início da Papa Livro, quando ele, um sonhador, abriu uma locadora de livros. Isso mesmo, nos tempos em que as locadoras de vídeo imperavam na cidade, ele teve a coragem de montar uma locadora de livros –que, se bem me lembro, ficava numa sala do Ceisa Center.

A locadora não deu certo, mas o Vilson persistiu por longo tempo com sua ideia. E a firma foi o passo inicial para a editora, que ele também manteve a duras penas.

Vilson foi também quem deu uma nova visão – mais empresarial – à Feira do Livro de Florianópolis, bem no início dos anos 1990. Acompanhei de perto o trabalho dele, que resultou numa grande transformação do evento.

Depois de Vilson, a Câmara Catarinense do Livro tomou outro rumo.

Ele era, sem dúvida, um homem do livro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: