Câmeras justificam a ausência da PM nas ruas?

 

Voltando ao tema da segurança pública: as autoridades alegam que as câmeras de vigilância espalhadas pelas cidades inibem a ação de criminosos e garantem mais tranquilidade à população. Mas nós sabemos que não é assim.

Vejamos: na minha rua passam raríssimas viaturas da Polícia Militar. Há uma câmera – daquelas de 360º de cobertura – bem na esquina da Rua Anita Garibaldi com a Avenida Hercílio Luz. Depois das 22 horas não é possível andar na rua, tal a quantidade de malacos que abordam as pessoas. Não se sabe quais as reais intenções dessa gente maltrapilha e mal-encarada que circula por ali. Então, é preferível ficar em casa ou encomendar compras por telefone, porque a câmera não adianta nada.

Na prática, esses equipamentos não me garantem segurança alguma. Já experimentou, leitor, passar pela Rua Felipe Schmidt e Praça 15 de Novembro após 22h30 ou 23 horas? Experimente. Você será seguido por, no mínimo, três ordinários. Se a rua estiver deserta, eles certamente vão lhe atacar.

Um vizinho meu, já idoso, voltou de viagem e tentou retornar da rodoviária para casa caminhando – afinal, era uma noite agradável, enluarada. Mal saiu da rodoviária, já foi abordado por dois cretinos, que o cercaram na altura da passarela de pedestres da Paulo Fontes. Como o meu vizinho é um homem destemido, enfiou a mão na bolsa, simulando que iria pegar uma arma. Foi o suficiente para que os malacos se afastassem. Mas, e se a dupla de vagabundos estivesse armada? Meu vizinho certamente teria o mesmo destino infeliz da moça assassinada em Canasvieiras.

O detalhe é que essa história de câmeras de vigilância deveria servir para a prevenção. Mas o que tem acontecido, com raras exceções, é que as imagens captadas servem mais à investigação – depois que o crime acontece. Então, para quê câmeras? Ora, para reduzir o efetivo policial nas ruas e ter sempre uma justificativa à mão (“a cidade está bem vigiada”). Seria piada, se não fosse trágico.

Anúncios

6 responses to this post.

  1. Posted by Anthony Toini on 21/08/2009 at 14:30

    Enquanto isso, na ALESC, tem servidor recebendo R$ 3.000,00 por insalubridade. Na ALESC! Um dos poucos locais da cidade onde realmente é possível ver a PM. Damião, será que a bandidagem e a malacada está somente nas ruas após às 23h? Eu suspeito que exista um grupo de malacos lá perto da Prainha, durante a semana, no horário comercial…

    Responder

  2. Essa malacada da cidade realmente é de arrepiar. Pra mim, que estou acostumado com isso, soa muito ingênuo esse senhor que tentou ir da rodoviária para casa, a pé, durante a noite. Não é porquê queremos uma cidade mais segura que vamos tratá-la como se *fosse* segura.

    E outra: o centro da cidade é um dos locais onde mais tenho nojo de passar, por mil e um motivos, sendo a malacada o principal. A noite, então, é melhor não passar nem de carro. O que tem de bêbados/vadios por ali é de perder a conta.

    Responder

  3. Posted by Joanildo on 21/08/2009 at 20:00

    é o governo virtual… fora camabada de coruptos e sem-vergonhas.

    Responder

  4. Posted by Aline on 22/08/2009 at 19:24

    Será que essas câmeras custam menos que um PM, afinal, o salário de um PM hoje é um lixo neh, todo mundo sabe. Duvido.

    Responder

  5. As cameras servem para vigiar, mas se for assaltado eles enviam os policiais que chegarão 30 minutos após, e o rabecão também, você já estará morto e os vadios longe.
    Dá para andar no centro a noite sim, da sala para cozinha, quarto, banheiro…. ainda.
    Por falar em passarela, ela está furando, vou tirar foto e colocar no blog.
    Só vão arrumar quando alguém cair no meio do trânsito, aí vão dizer que foi acidente.
    Abração

    Responder

  6. As câmeras não são para vigiar? Pois é, arrombaram a porta das Lojas Salfer na Conselheiro Mafra perto da 7 de Setembro e levaram o que puderam.
    As câmeras são pra que mesmo?
    A esqueci,,,,, enfeite

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: