Sai resultado do Prêmio Cruz e Sousa

A Fundação Catarinense de Cultura divulgou hoje os nomes dos vencedores do Prêmio Cruz e Sousa, criado pelo governador Jorge Bornhausen em 1980 e reeditado esporadicamente desde então. Os romances “O Senhor da Palavra”, de Ruy Reis Tapioca, e “Cruz do Campo”, de Abelardo da Costa Arantes Junior, foram os vitoriosos da edição 2008-2009 do prêmio, com R$ 50 mil para cada autor. Tapioca venceu na categoria nacional e Arantes Junior na categoria catarinense.

Em segundo lugar ficaram as obras “O Vestido Vermelho”, de Vera Lucia Gonçalves Moll, e “O Livro Perdido de Baroque Marina”, de Fernando José Karl, respectivamente na categoria nacional e catarinense, com R$ 20 mil para cada. E em terceiro lugar ficaram as obras “A Cor das Palavras”, de Ronaldo Antonelli, e “A Morte dos Deuses”, de Roy Warncke Ashton, também respectivamente na categoria nacional e catarinense (R$ 10 mil cada autor).

Um total de 626 obras foram inscritas, das quais 443 concorrem na categoria nacional e 183 na catarinense.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: