A vitoriosa era Dunga

Sou obrigado a concordar com o Noblat: estou começando a gostar do Dunga. Não é meu estilo de técnico – sou da geração do João Saldanha, do Telê Santana – mas o gaúcho zangado tem estrela. O jogo de hoje foi uma prova disso: perdendo de 2 a 0, o Brasil virou e fez 3 a 2. Não é aquela maravilha de seleção, tem uma defesa muito fraca, não tem ataque, mas concentra alguns dos bons valores da atualidade. Dá pro gasto e vai precisar comer muito feijão com arroz para se tornar competitiva em 2010.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: