Salvando o que restou de O Estado

Segundo informa o blog do Magoo (Bonassoli), o empresário José Matusalém Comelli teria recolhido parte do acervo do jornal O Estado que estava espalhado pelo chão na antiga sede do “Mais Antigo Diário Catarinense”. Ainda conforme Magoo, que obteve as informações com Karla Fonseca, da Fundação Catarinense de Cultura, o material histórico teria sido violado por vândalos que invadiram o prédio para roubar esquadrias e outras peças valiosas da construção.

Anúncios

3 responses to this post.

  1. Para né Damião teu amiguinho abandonou o prédio e agora recolheu parte do acervo, deve ser remorso. Vocês dois se merecem

    Responder

  2. Posted by J.L.CIBILS on 26/06/2009 at 8:31

    É Damiao, fica a pergunta, que fim esta figura vai dar a este patrimonio?
    Será que ele vai deixar a poeira baixar para jogar tudo no lixao la de Tijuquinhas?
    Na calada da noite tudo é possivel, para quem ja enganou tantos colegas e até o poder publico sonegando impostos.
    Se espera é que alguma entidade idonia, assuma esta luta e entre na justiça, para ficar como fiel depositario, assim tera um destino mais nobre, que é sua conservaçao e posterior material de pesquisa, para as próximas geraçoes.
    porque uma coisa é serta, só retirar lá dos escombros do que restou aquilo lá, para tapar a boca de todos, nao resolve, tem que ter atitude honesta.

    Responder

  3. Posted by João on 26/06/2009 at 14:42

    O mosquito é um figuraço…

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: