Institucionais que incomodam

 

Aqueles comerciais institucionais, que abordam a questão dos crimes sexuais contra crianças e adolescentes, são abomináveis. Tão abomináveis quanto os crimes em si. Sei que o caso é polêmico — nem estou discutindo o mérito, mas a qualidade da mensagem. E o que escrevo aqui não é apenas o meu pensamento: já conversei com grande número de pessoas que sentem repugnância diante do que a TV ou o rádio veiculam. Não só repugnância, como trocam de canal ou de frequência, simplesmente porque não aguentam mais ver/ouvir a mensagem. [Por sinal, acabei de trocar de emissora, justamente para não escutar mais aquela história sobre o “silêncio como arma”].

Outro institucional, a campanha da RBS contra o consumo de crack, também me deixa intrigado. O combate a essa droga não depende mais da sociedade. A sociedade é impotente, as famílias são impotentes. No meu entendimento, e com a experiência que tenho na observação da realidade, o desafio maior do crack é relacionado a políticas de Estado contra o consumo de drogas. Mesmo com todo o esforço do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas), louvável sob todos os aspectos, a grande verdade é que nós estamos perdendo essa guerra por culpa exclusiva do poder público. Não estou me referindo ao Estado de Santa Catarina, mas ao Estado brasileiro de modo geral. O poder público se omite claramente, mas faz de conta que está preocupado. E vai empurrando com a barriga.

Anúncios

One response to this post.

  1. Posted by Alex on 16/06/2009 at 13:44

    Realmente, aquele comercial da mãe que se faz de cega é nauseante. Sabemos todos da importância da campanha, mas esse comercial não é nem um pouco sutil, como tentou ser.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: