Pavan no templo

 

Leonel Pavan, o vice que se tornará governador catarinense em 2010 (por conta da renúncia de Luiz Henrique, candidato ao Senado), confessou ao âncora Renato Igor (CBN-Diário), há pouco, que estava entrando naquele momento na Catedral de Brasília. Foi rezar, para que os anjos iluminem os ministros do TSE logo mais.

Gostei do que disse Pavan. Ao invés de dizer, arrogantemente, que estava tranquilo, confiante ou sereno, confessou-se humano como qualquer outro vivente: pediu proteção divina.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: