O pronunciamento do presidente do TSE

 

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Ayres Brito, fez um pronunciamento brilhante ao final, contestando abertamente os votos do relator e dos demais ministros.

Ao se expressar de forma contundente e didática, e mesmo vencido, Brito advertiu para a existência de provas contra Luiz Henrique, em especial quanto ao abuso de poder político e à utilização dos meios de comunicação para divulgação de propaganda eleitoral escancarada.

Se não serviu para consagrar uma votação unânime, pelo menos o voto de Brito abre a oportunidade para um recurso da coligação Salve Santa Catarina. Pode não dar em nada, mas é um caminho para que o caso continue em debate.

O fato é que, existindo um voto contraditório ao da maioria, há o indicativo de que a decisão judicial pode ter se baseado na mera subjetividade. Em outras palavras, tudo é (ou foi) uma questão de interpretação, até mesmo sobre a existência ou não de provas.

Anúncios

5 responses to this post.

  1. o voto vencido do Ministro Ayres Britto Lavou-me a alma.

    Ganharam. O TSE envergonhou o Brasil. A corrupção triunfou. O crime vale a pena

    Responder

  2. AYRES BRITO passou o rodo com a autoridade que lhe é peculiar.

    Responder

  3. Posted by J.L.CIBILS on 29/05/2009 at 11:08

    Triunfou com champã e fogos, é realmente nós estavamos errados, eles agiram corretamente…..
    A B-Ó-grafia contou, lobiz venceu, a força politiqueira venceu, é o jeito vai ser mesmo escrever receita de bolo…..

    Responder

  4. Posted by Carlos Henrique on 29/05/2009 at 16:08

    O relator, e presumo que todos que seguiram seu voto, concordaram que existiram irregularidades, e sabem disso porque as provas anexadas ao processo mostram isso. Mas para derrubar o recurso usaram o argumento de que não existe prova da potencialidade de interferir no resultado da eleição.
    Ou seja, o tiro foi disparado, mas talvez a bala não tenha matado a vítima, então não se configura o homicídio.

    Responder

  5. Posted by Luis Felipe on 01/06/2009 at 0:38

    nao gosto do lhs. mas sou obrigado a dizer que prefiro ele ao amim, ate pq seria um desastre para o estado nesse ponto, ha um ano de novas eleicoes mudar tudo em detrimento disso.

    nenhum dos dois é bom politco, entao que fique como esta.

    o processo e as provas que o amim levou foram o retrato do que ele é hoje, fraco politicamente. as provas que ele levou nao foram suficientes para condenar o lhs. agora eu pergunto, em que isso ajudou ao estado? diz o amim que esse debate ajudou muito, mas ajudou em que? por acaso alguem vai deixar de usar maquina publica para se eleger? piada

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: