Marketing e jornalismo: sutis diferenças (3)

bbc4

Finalmente. O WTTC emplacou a mídia mundial, mais precisamente a BBC Brasil. Não por causa do evento, mas do gancho: a gripe suína. Leia a matéria completa da BBC aqui.

Anúncios

2 responses to this post.

  1. Posted by Henrique on 16/05/2009 at 14:11

    Damião, não sei se é mídia mundial. O site é o da BBC Brasil, como bem notaste. Ocorre que o site da BBC original, o inglês, não reproduz a matéria. Uma procura pela sigla WTTC revela que a última matéria publicada lá sobre a organização data de 2005. O mais incrível é que nem o site do próprio WTTC (www.wttc.org) dá publicidade a Florianópolis ou Santa Catarina. A palavra Florianópolis aparece bem pequeninha quando se clica na seção de “eventos”. E é só. Nem uma fotinho e nem qualquer outra informação. Hoje, na seção de notícias, começaram a aparecer links para matérias escritas em português por um site nacional chamado http://www.mercadoeeventos.com.br. Ainda no Brasil, há hoje uma matéria sobre o assunto no portal UOL. O “gancho” é falta de saneamento em todo o Estado. Se a idéia era ganhar publicidade para o Estado, tem sido negativa. No mesmo dia em que inauguravam aqui o evento do milênio, o caderno de turismo de jornal O Estado de S. Paulo também o ignorava completamente. Uma pesquisa nos sites de jornais como o The Times, de Londres, mostra que a coisa não emplacou lá, igualmente. O mesmo se dá no site do jornal The New York Times. E, segundo gente que está trabalhando no evento, o número de participantes é 50% menor do que se esperava. Mas o dado não é oficial. Pode ser fofoca… O WTTC é uma entidade que reúne executivos de negócios do turismo, representantes de apenas 100 empresas do ramo. Aqui tem sido vendido como o organismo máximo do turismo mundial. Este é a Organização Mundial do Turismo – WTO, ligada à ONU. No site da WTO, da mesma forma, o tal do WTTC é completamente ignorado. Trata-se do engodo do milênio, em que Santa Catarina gasta dinheiro público para organizar um evento da iniciativa privada. Excelente negócio para eles, que encontraram aqui gente otária o suficiente para lhes pagar a festa.

    Responder

  2. Posted by Leandro Bertoli Neto on 18/05/2009 at 2:26

    Prezado Damião,
    Esperamos que, depois da realização desse importante fórum (extremamente restrito, é verdade), o denominado “trade” turístico nacional (e especialmente o catarinense) possa ter absorvido alguns ensinamentos e princípios básicos para o desenvolvimento ordenado da atividade turística. Várias experiências de sucesso foram apresentadas no decorrer do congresso. O Sistema Turístico é complexo, e não é composto apenas pelos atrativos do local. Temos que lembrar que outros subsistemas (a infraestrutura – ainda precária – os equipamentos e instalações e a superestrutura turística – da mesma forma deficiente) interatuantes e inter-relacionados é que determinam a qualidade do produto turístico de uma destinação, favorecendo a atração de uma demanda mais qualificada e promovendo o desenvolvimento ordenado da região ou país. Apenas divulgar os atrativos naturais disponíveis (o que mais se faz) sem se preocupar em dotar o estado (e os municípios com potencial turístico) de melhor infraestrutura, de melhores equipamentos, de um planejamento e gestão profissional e especializada, de atenção particular aos reais preceitos da sustentabilidade pode configurar a propaganda enganosa do produto ofertado à demanda turística. Consequentemente, continuaremos a receber turistas em massa (somente nos meses de verão), que gastam somente USD 30,00 por dia, o que, convenhamos, é muito pouco para quem tem a pretensão de se consagrar como destino internacional!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: